O Coritiba emplacou sua terceira vitória seguida na Série B do Campeonato Brasileiro. Em um jogo fraco tecnicamente e de poucas chances, o time coxa-branca jogou para o gasto, venceu o Oeste por 2×0, na noite desta segunda-feira (19), na Arena Barueri, chegou aos 32 pontos, mas segue na vice-liderança da competição nacional. Já nesta quinta-feira (22), o Coxa tem um confronto direto pela ponta da tabela diante do Bragantino, às 21h30, em Bragança Paulista.

Com poucos torcedores na fria noite de Barueri, Oeste e Coritiba fizeram um primeiro tempo em ritmo de treino. Os dois times fizeram uma jornada de muitas faltas e pouca inspiração ofensiva. No primeiro minuto de partida, o time coxa-branca criou sua primeira chance, mas Thiago Lopes chutou mal. Na sequência, a equipe paulista criou duas chances seguidas com Alyson, mas os chutes saíram tortos.

+ Confira como foi o jogo entre Oeste e Coritiba!

O Oeste, que chegou para a partida sem ter perdido nenhum jogo dentro de casa, buscou pressionar a saída de bola do time coxa-branca e criou dificuldades para a equipe comandada por Umberto Louzer. Além disso, as peças ofensivas do Verdão não estavam funcionando. Quando conseguia sair da marcação do Rubrão, a equipe alviverde errava muitos passes do meio para frente.

O melhor momento do Coritiba foi na metade do primeiro tempo, justamente quando conseguiu se movimentar mais no ataque. Aos 27, Rafinha e Juan Alano fizeram boa jogada e Thiago Lopes, da entrada da área, obrigou o goleiro Luis Carlos a fazer boa defesa. Depois, foi a vez de Robson tentar, mas a bola saiu por pouco.

Disputa de bola na área do Oeste. Foto: Raphael Brauhardt / CoritibaFC.
Disputa de bola na área do Oeste. Foto: Raphael Brauhardt / CoritibaFC.

O Oeste, por sua vez, até conseguia rondar a área do Coritiba, mas sem nenhuma objetividade. Chegava com mais perigo pela direita nas investidas do lateral Cicinho, mas o goleiro Alex Muralha não precisou trabalhar no primeiro tempo. O jogo mudou pouco depois do intervalo. Os dois times seguiram errando muito. A partida era sofrível tecnicamente. A primeira boa chance foi do Oeste com Matheus Oliveira, mas Alex Muralha não teve dificuldades para fazer sua primeira defesa no duelo. O Coritiba, sem alterações, buscava encontrar espaços na retranca imposta pelo Rubrão, mas não tinha sucesso nas suas investidas.

Quando colocou a bola no chão, o Coritiba conseguiu abrir o placar na Arena Barueri sempre com o atacante Rodrigão. Aos 17 minutos, Robson iniciou a jogada, William Matheus cruzou e o camisa 9, bem posicionado na área, cabeceou sem chances para o goleiro Luis Carlos.

+ Confira a classificação completa da Série B!

A partir daí, o jogo ficou aberto. O Oeste precisou sair mais para o jogo. Mazinho, ex-Coritiba, e Bruno Gonçalves, entraram na equipe paulista. Mais ofensivo, o Rubrão foi com tudo em busca do empate. Aos 27, Mazinho bateu cruzado e acertou a trave. Na sequência, foi a vez de Airton chegar com perigo, mas Alex Muralha fez grande defesa e evitou a igualdade.

O recuo excessivo do Coritiba chamou o Oeste para o campo de ataque. Para tentar ganhar de novo o meio de campo, o técnico Umberto Louzer apostou na entrada de Giovanni no lugar de Rafinha. O time alviverde melhorou em campo e aproveitou os espaços do Rubrão para ampliar a vantagem. Aos 36, Juan Alano recebeu livre e, de fora da área, acertou um belo chute no ângulo e encaminhou a vitória.

O gol do Coritiba praticamente minou qualquer tentativa de reação do Oeste. O time paulista perdeu força para buscar um resultado melhor. Melhor, então, para o time coxa-branca. Com tranquilidade e com organização, o Verdão apenas administrou o resultado e garantiu mais uma vitória na Série B do Campeonato Brasileiro.

Rodrigão comemora mais um gol pelo Coxa. Foto: Raphael Vinicius Brauhardt/Coritiba Foot Ball Club
Rodrigão comemora mais um gol pelo Coxa. Foto: Raphael Vinicius Brauhardt/Coritiba Foot Ball Club

FICHA TÉCNICA
SÉRIE B
17ª Rodada – 1º Turno

Oeste 0x2 Coritiba

Oeste
Luis Carlos; Cicinho, Cléber Reis, Caetano e Alyson; Lídio, Betinho (Airton) e Matheus Oliveira; Roberto (Mazinho), Léo Ceará (Bruno Gonçalves) e Fábio.
Técnico: Renan Freitas

Coritiba
Alex Muralha; Diogo Mateus, Rafael Lima, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Juan Alano e Rafinha (Giovanni); Thiago Lopes, Robson (Welissol) e Rodrigão (Igor Jesus).
Técnico: Umberto Louzer

Local: Arena Barueri (Barueri-SP)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos Araujo (AL) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)
Gols: Rodrigão, 17, Juan Alano, 36 do 2º
Cartões amarelos: Alyson, Betinho, Matheus Oliveira, Bruno Gonçalves (OES); Robson, Diogo Mateus (COR)
Público total: 838