Para não fugir à rotina, problemas de lesões impediram que o técnico Marcelo Oliveira definisse o Coritiba para o jogo com o Figueirense, amanhã, em Florianópólis. Seis jogadores não treinaram ontem no CT Graciosa. Três deles, Roberto, o Lucas Mendes e Thiago Primão, estão lesionados e dependem de uma reavaliação para serem escalados. Já Escudero, William e Ayrton foram poupados e devem viajar. Lucas Mendes sente dores musculares na coxa esquerda e está praticamente fora do jogo. Diante disso, o treinador já admite improvisar a lateral-esquerda. “Temos o Eltinho e o Henrique, que têm características mais ofensivas, mas não vêm jogando. Pode ser que jogue algum deles, pode ser que jogue o Chico”, disse o técnico.

Outra dúvida está no ataque. Roberto, que levou uma pancada no joelho esquerdo será reavaliado hoje. Se for vetado, deve substituído por Anderson Aquino ou mesmo por Jéferson, que retornou ao clube

Ruidiaz

O atacante peruano Raúl Ruidiaz foi oficialmente apresentado, ontem, no CT da Graciosa. O jogador, de 22 anos, assinou contrato por 3 anos com o Coxa, mas o clube ainda não sabe se poderá escalá-lo no Brasileiro. Como se trata de uma transferência internacional, a diretoria aguarda documentação da Federação Chilena e o registro na CBF. O último clube de Ruidiaz foi o Universidad do Chile, do qual se desvinculou há cerca de 40 dias. Conhecido no Peru como “o pequeno Messi”, o jogador rejeitou a comparação. “Em meu pais me chamam de “La Pulga’. Sempre disse que não me comparem, que sou Raúl, nada mais”, comentou.