Capitão do time, o zagueiro Jeci já levantou quatro trofeus pelo Coritiba, um em 2007, outro em 2008 e dois em 2010. Mas, no que depender da vontade dele, em 2011 esses braços deverão levantar ainda mais taças.

Sempre lembrando da temporada vitoriosa do ano passado, o jogador projeta esta temporada ainda mais difícil, mas com muitas outras conquistas. “2010 tivemos um ano de sucesso, conseguimos todos os nossos objetivos, mas já passou. No futebol você tem que provar que é capaz em todos os momentos. Em 2011 o Coritiba vai entrar para poder conquistar novos títulos”, afirma.

Não só isso, Jeci espera um “2011 como foi 2010: cheio de conquistas, muita alegria e cheio de títulos”. O motivo para tanta expectativa é o elenco que se forma para essa temporada, com atletas experientes, entrosados e com qualidade. “A diretoria foi muito inteligente por conseguir manter a base do time, mesmo com os jogadores recebendo propostas de outras equipes. Está de parabéns também por ter trazido peças importantes”.

Além disso tem o comandante desse grupo. Marcelo Oliveira chega para ser o técnico desse elenco que, como afirma Jeci, começa o ano “um passo à frente” dos demais. “O Marcelo é um treinador inteligente. Tivemos a oportunidade de conversar e ele passou como deveria ser a pré-temporada e um ano de muito trabalho”, revela, mostrando que também é preciso muita dedicação para que o ano saia como o esperado.

O primeiro desafio já tem data marcada, será dia 16 de janeiro, contra o Operário. Um grande desafio para começar essa longa temporada. “A equipe de Ponta Grossa é uma das equipes que nos trouxe mais dificuldades ano passado e fiquei impressionado com a torcida que eles têm. Esse ano tenho certeza que não vai ser diferente”, conta.

E se o resultado não é garantido, Jeci garante que, do lado coxa-branca, quem estiver presente poderá ver “um Coritiba guerreiro, determinado e que vai colocar o coração acima de tudo”.