Muito humilde, o atacante Ariel era só alegria após a partida contra o Goiás. Dois gols marcados, responsável direto pelo ponto que o Coritiba trouxe do Serra Dourada e uma pintura de bicicleta. Ou de chalaca, como dizem os argentinos. “Foi muito importante, o Goiás está numa fase boa, muitos times passaram por aqui e não conseguiram uma vitória. O Coritiba jogou muito bem”, analisou o jogador. Ele já pressentia a possibilidade de marcar o golaço. “Sim, porque estava de costas, aparei no peito e aí fiz o gol”, relembrou.

Por isso, o técnico Diego Maradona já pode começar a olhar melhor para o jogador, louco para defender a seleção argentina, apesar de achar que ainda precisa evoluir. “Não sei, é querer demais, mas estou trabalhando para isso. Sei que tenho que melhorar muito, tanto fora quanto dentro de campo. Todos os dias trato de ver meus erros”, avisou.

Mas, não dá para não comemorar o golaço. O mais bonito do campeonato? “Do campeonato, não sei, mas meu aqui no Brasil, sim. Fiz um gol num clássico (na Argentina), que foi no ângulo, mas aqui também fiz um gol muito bonito e ajudei o time, o que é mais importante”, avaliou.

O técnico Ney Franco também gostou do que viu. “A equipe mereceu o resultado e, de repente, poderia ser presenteada com uma vitória. Gostei muito da atuação. Mostramos que temos elenco, porque viemos com desfalques”, analisou. O elenco volta ao batente amanhã, no CT da Graciosa.