SELO_COXA_BARRA_1COLO Coritiba deu um passo importante na luta contra o rebaixamento à segunda divisão. Na noite deste domingo (29), na Ilha do Retiro, em Recife, o time coxa-branca, em mais um duelo direto para fugir da degola, venceu o Sport por 4×3, chegou aos 35 pontos e enfim deixou a zona de rebaixamento do Brasileirão. O Verdão tem agora mais um duelo de seis pontos, desta vez diante do Avaí, neste sábado (4), às 21h, no Couto Pereira.

Veja como foi o jogo no nosso Tempo Real!

Precisando pontuar em Recife, o Coritiba fez um primeiro tempo equilibrado. O time coxa-branca abriu o marcador logo aos 5 minutos. Depois da cobrança de escanteio de Carleto, Werley antecipou o goleiro Magrão e fez o primeiro. O Verdão, apesar da pressão dos donos da casa, criou boa chance de ampliar logo depois. Após cobrança de falta e da tentativa de Werley, Cléber Reis quase marcou no rebote de Magrão.

Com a vantagem no placar, o Coritiba recuou demais e atraiu o Sport para o seu campo. O goleiro Wilson passou a fazer boas defesas. O zagueiro Henriquez e o atacante Rogério criaram boas chances, mas o goleiro alviverde fez boas defesas. Aos 23, o time pernambucano teve a chance de igualar o placar. Em penalidade inexistente de Rildo em Samuel Xavier, Diego Souza bateu e Wilson defendeu.

Mas o armador do Sport se redimiu aos 29 minutos. Depois da cobrança de escanteio de Samuel Xavier, Diego Souza subiu livre e cabeceou sem chances para Wilson. O gol dos donos da casa colocou fogo no jogo. O Coritiba conseguiu equilibrar novamente a partida e conseguiu o segundo gol aos 39 minutos. Depois da cobrança de escanteio e do bate-rebate na área, Henrique Almeida marcou.

O Sport reagiu rápido e conseguiu o empate três minutos depois. Depois do cruzamento e da falha defensiva do Coritiba, André apareceu livre e fez o segundo gol do time pernambucano. O jogo ganhou em emoção e o Coxa quase marcou o terceiro aos 46 com Alan Santos, mas Magrão salvou. Depois, Rogério, de cabeça, recebeu livre, mas jogou para fora a última chance do primeiro tempo.

O Coritiba seguiu com sua postura defensiva do segundo tempo e o Sport quase marcou logo no começo da etapa final. Aos 8 minutos, Osvaldo cruzou e André quase marcou de cabeça. O Leão da Ilha seguiu pressionando e, de tanto insistir, conseguiu a virada aos 17 minutos. Depois da boa jogada pela direita de Osvaldo, Diego Souza, sem marcação, cabeceou com o gol vazio e colocou o time da casa em vantagem.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro!

Atolado na zona de rebaixamento e sem ter outra alternativa, o Coritiba precisou sair para o jogo. Getterson, que substituiu Iago no intervalo, teve a chance de empatar aos 20 minutos, mas o chute parou na rede pelo lado de fora. O Sport, sempre perigoso nos contra-ataques, teve a chance de encaminhar a vitória aos 28 minutos. O zagueiro Werley falhou e cometeu pênalti em André. Na cobrança, Diego Souza bateu e o goleiro Wilson fez mais uma grande defesa.

A penalidade defendida deu novo gás para o Coritiba, que conseguiu o empate aos 32 minutos. Depois da cobrança de falta de Carleto e do rebote do goleiro Magrão, Jonas apareceu livre para igualar de novo a partida. O Sport, então, foi com tudo para o ataque, mas a equipe pernambucana, pressionada pelos recentes maus resultados, não tinha a organização necessária para passar a frente do placar. O melhor para o Coxa estava guardado para o final. Aos 46, Yan recebeu na entrada da área, bateu sem chances para Magrão e garantiu a vitória importante na Ilha do Retiro.