O meia Ruy, do Coritiba, está fora do próximo compromisso do time, contra o Cascavel CR, pelo Campeonato Paranaense. Na última quarta-feira (12), o jogador saiu de campo ainda aos 13 minutos do primeiro tempo, com dores na coxa esquerda, na derrota do time por 1×0 para o Manaus, pela Copa do Brasil. Acostumado a conviver com lesões, o camisa 89 passará por exames médicos para avaliar quando poderá voltar a jogar.

Após a precoce eliminação na Copa do Brasil, a delegação coxa-branca saiu de Manaus e foi direto para Foz do Iguaçu, onde fará a preparação para o compromisso com a Serpente, que acontecerá no domingo (16), às 16h. Porém, Ruy não seguiu viagem e voltou para Curitiba para se submeter a exames, que vão determinar se ele poderá entrar em campo na semana que vem, conta o Cianorte. Mesmo aguardando retorno dos exames, ele já faz atividades de recuperação com os fisioterapeutas do clube.

+ Saiba como assistir aos jogos do Paranaense pelo celular, computador ou Smart TV

Não é de hoje que Ruy sofre com lesões. O atleta de 31 anos tem um longo histórico de períodos no departamento médico. Formado na base do Alviverde, o jogador defendeu a camisa do Coxa entre 2015 e 2017, foi emprestado por um período e voltou em 2018, saiu em 2019, e retornou agora, em 2020.

Na temporada de 2015, quando o Coritiba lutava para sair da zona de rebaixamento do Brasileirão, o jogador ficou no departamento médico por um mês por conta de uma lesão na panturrilha. No ano de 2016, Ruy sofreu com problemas musculares no mesmo local.

+ CONFIRA A TABELA E A CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO PARANAENSE!

E não foi somente no Alviverde que o jogador teve que tratar de problemas físicos. Em 2017, por exemplo, Ruy atuava no América-MG, time que foi campeão da Série B naquela ocasião. Ainda que fosse uma peça-chave do elenco, ele machucou a panturrilha e, tempos depois, a coxa. Por isso, disputou apenas 22 dos 38 jogos da campanha do acesso.

Em 2018, ele começou o ano como titular no Coritiba comandado por Sandro Forner. Após disputar três partidas, ele sofreu uma entorse no tornozelo. Recuperado ele fez mais um jogo pelo Coxa, mas acabou sendo mais uma vez emprestado.

No final de 2019, quando atuava pelo Vitória, ficou de fora das últimas rodadas na Série B do Campeonato Brasileiro por conta de uma lesão no tendão do músculo adutor da coxa.

Neste ano, Ruy entrou em campo três vezes – duas pelo Paranaense e uma pela Copa do Brasil – e acumula três gols assinalados.

+ Mais do Coxa:

+ Barroca lamenta falta de competência do Coritiba na Copa do Brasil
+ Sarrada de goleiro do Manaus em provocação gera confusão
+ Cristian Toledo analisa a eliminação do Coritiba na Copa do Brasil