enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Couto vazio

Coritiba inicia temporada com número baixo de sócios

Diretoria do Verdão espera contar com mais torcedores se juntando ao quadro associativo, já que essa será a principal receita do clube em 2019

  • Por Luiz Ferraz
Atualmente, são 11 mil sócios em dia com o clube. Foto: Arquivo.

O Coritiba, nos últimos quatro anos, nunca iniciou uma temporada com um número tão baixo de sócios. Atualmente, o clube tem cerca de 11 mil associados com as mensalidades em dia. Justamente no ano em que a diretoria alviverde, diante da queda brusca de orçamento com relação a 2018, vai contar muito com os recursos vindos do quadro associativo alviverde. Na verdade, essa queda não assusta a cúpula do Verdão, já que historicamente o sócio coxa-branca se fideliza aos planos do clube por conta do desempenho em campo.

O péssimo desempenho no ano passado e a permanência do Coritiba na Série B do Campeonato Brasileiro desanimaram de vez o torcedor. Em 2018, o Coxa iniciou com 14 mil sócios adimplentes, apesar do rebaixamento à segunda divisão e chegou a ter um pico de 18 mil. No entanto, a campanha ruim e o fraco futebol apresentado durante o ano resultaram na queda brusca no número de associados até dezembro.

+ Leia mais: Artilheiro dos gols bonitos quer se firmar no Coritiba

Para a temporada de 2019, o presidente Samir Namur projeta uma receita de R$ 13 milhões com os sócios. Segundo ele, o clube projeta ter em média 13 mil associados para conseguir esses recursos. A participação do associado será fundamental neste ano, já que o Coritiba viu sua receita diminuir praticamente pela metade. No ano passado, o orçamento foi de quase R$ 90 milhões. Em um cenário pessimista, o Coxa terá R$ 46 milhões para gastar neste ano.

“Em um cenário pessimista, nossa receita será de R$ 46 milhões, mas pode aumentar durante o ano. Hoje a principal fonte de receitas são os sócios do Coritiba diante da queda de valores da Série B. A previsão no orçamento será de R$ 13 milhões, que vai dar uma média de 12 mil sócios ao longo do ano. Terminamos 2018 com um pouco menos do que isso. Vai depender do nosso desempenho em campo e esperamos começar o ano muito bem”, afirmou o presidente Samir Namur.

Presidente do Verdão confessa que desempenho em campo fará a total diferença para que os alviverdes compareçam mais ao seu estádio. Foto: André Rodrigues.

Presidente do Verdão confessa que desempenho em campo fará a total diferença para que os alviverdes compareçam mais ao seu estádio. Foto: André Rodrigues.

No entanto, o aumento dos sócios está ligada diretamente ao desempenho do clube em campo. Por isso, a diretoria do Coritiba tem se esforçado para montar um time competitivo já na disputa do Campeonato Paranaense para conseguir trazer o torcedor de novo para o seu lado. Não à toa, a cúpula do Verdão colocou a conquista do título do Estadual como obrigação para a equipe.

“A importância do Campeonato Paranaense é muito grande. Aí não é novidade nenhuma o Coritiba ganhar o Paranaense e os sócios darem uma resposta melhor. Isso aconteceu em todos os anos. Sempre que o Coritiba ganhou o Paranaense foi um período de aumento de sócios. Isso também mostra a importância que o campeonato tem. E quando você ganha um estadual, começa o Brasileiro com outra moral”, emendou Namur.

+ Confira também: Coritiba foca no Estadual para fazer as pazes com a torcida

Nos últimos anos, o pico de associados do Coritiba aconteceu em 2017. Quando conquistou o título do Campeonato Paranaense daquele ano, o Coxa atingiu a marca de quase 17 mil associados. A boa fase em campo continuou no início do Brasileirão. O Verdão chegou a brigar pela liderança e, na ocasião, o diretor institucional, Ernesto Pedroso, condicionou a permanência do volante Matheus Galdezani a marca de 23 mil sócios. O apelo deu certo e o clube atingiu a marca de quase 24 mil associados. No entanto, dentro de campo, houve uma queda de rendimento e que culminou com o rebaixamento à segunda divisão, fechando o ano com 15 mil associados.

Em 2016, quando o Coritiba foi vice-campeão paranaense, o clube atingiu a marca de 17 mil sócios adimplentes. No ano anterior, quando também ficou com a segunda posição do Estadual ao perder o título para o Operário, o Coxa atingiu a mesma marca e seguiu com essa média também na disputa do Campeonato Brasileiro, mesmo lutando até as rodadas finais contra o rebaixamento.

+ Vai e vem: Confira TODAS as notícias sobre o mercado da bola!

Em um passado mais longo, os números provam a dependência do bom rendimento em campo para contar com mais sócios. Em 2009, por exemplo, quando foi rebaixado e houve os incidentes no Couto Pereira no jogo diante do Fluminense, o Coritiba iniciou 2010 com quase quatro mil associados. Dois anos depois, por exemplo, quando retornou à primeira divisão e chegou à final da Copa do Brasil, o Coxa atingiu a marca de 30 mil sócios.

Por isso, vencer o Campeonato Paranaense e avançar na Copa do Brasil, sobretudo com um futebol convincente, pode refletir diretamente nas receitas do Coritiba com seus associados. Nos bastidores, a diretoria, dentro das suas condições, está tentando fazer sua parte e montar um Coxa mais competitivo para conseguir os objetivos na temporada de 2019.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

15 Comentários em "Coritiba inicia temporada com número baixo de sócios"


Martelo Rubronegro
Martelo Rubronegro
2 meses 9 dias atrás

Coxa não muda escudo e nome. É um clube puro. Pura mer da!! Kkkk pararam no tempo. Estão com os dias contados, assim como o pinga m*.

Carlos Gomes
Carlos Gomes
2 meses 9 dias atrás

Acho que pode reduzir uns 20% desse cenário pessimista, pois mesmo se o time for melhor que ano passado ainda vai estar ruim. Não sendo rebaixado para série C coxa já pode se considerar bem.

luis carlos
luis carlos
2 meses 9 dias atrás

A piazada do furacão ja tá se preparando para conquistar o bi paranaense em cima das paquitas KKKKKKKK

luis carlos
luis carlos
2 meses 9 dias atrás

É mais fácil pagar mensalidade da net do que de torcedor. Quem vai perder tempo em estádio com um time de merd@ desses KKKKKKK

Fura Cão
Fura Cão
2 meses 9 dias atrás

Que tipo de torcida é essa ? Mais parece uma boiada sem rumo. Uma hora 18000 sócios, noutra 4000. Turma da cachorros com o rabo entre as pernas se escondendo a cada rojão que ouvem do Furacão.

Alto De Tantas Glórias
Alto De Tantas Glórias
2 meses 9 dias atrás

Poodle com Nick de fura CÃO, falando de cachorro com rabo entre as pernas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fura Cão
Fura Cão
2 meses 9 dias atrás

Que nao é o caso do Fura Cão. Estamos falando de cão já furado com chumbo grosso do Furacão, com o rabo entre as pernas, procurando um bueiro para se esconder. Quando esse intrépido elemento com o rabitcho entre as pernas aparecer outra vez esse ano, vai ser furado com outra descarguita de chumbito.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas