São mais 14 partidas. 14 finais para o Coritiba decidir seu futuro na Série B do Campeonato Brasileiro. O time coxa-branca, que já brigou pela liderança, perdeu a gordura e sabe que qualquer deslize a partir de agora pode ser fatal para suas pretensões de conseguir o acesso à primeira divisão do ano que vem. A começar pelo clássico contra o Paraná, neste sábado (5), às 16h30, na Vila Capanema, errar está proibido no Alviverde.

“Conseguimos uma grande vitória diante de um adversário que estava na crescente, e nós que estávamos precisando vencer. Com o apoio do nosso torcedor, conquistamos os três pontos. Agora no returno cada bobeada é uma chance que perdemos do acesso”, afirmou o atacante Wellissol.

O Coritiba vai encarar esses próximos compromissos como verdadeiras finais de campeonato. O Coxa sabe que já no duelo com o Tricolor esse espírito de decisão terá que sobressair para conseguir os três pontos.

“Jogar clássico é sempre difícil, até pela grandeza dos dois clubes. A gente sabe que não só contra o Paraná, mas os próximos jogos que virão serão muito importantes para nós. Precisamos estar focados, bem concentrados, encarar como finais para sair com os três pontos”, reforçou o atacante Robson.

O Alviverde, que já ficou por muitas rodadas consolidado no G4, perdeu esse posto quando ficou seis jogos sem vencer. Mas o equilíbrio na segunda divisão é tão grande que a vitória por 2×1 diante do América-MG, no Couto Pereira, na rodada passada, fez o Coritiba colar novamente no pelotão de frente. Está somente a um ponto do CRB, quarto colocado e tem ainda um jogo a menos que seus concorrentes.

Leia mais:

+ Coxa está perto de contratar zagueiro do Fortaleza
+ Coritiba vê no clássico a chance ideal pra voltar a vencer fora
+ Quem ganha o Paratiba das finanças?