É tudo ou nada. É jogo de vida ou morte. Muitos podem ser os adjetivos encontrados para descrever a importância do duelo do Coritiba diante do Guarani, neste sábado (3), às 19h30, no Estádio Couto Pereira. Somente a vitória interessa ao time coxa-branca para manter viva a chance de, ainda neste ano, conseguir o acesso à primeira divisão. Na 10ª colocação e a oito pontos do G4, o Verdão pode diminuir a diferença e chegar com novo fôlego para as quatro rodadas restantes da Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Leia mais: Coxa arma o time pro jogo contra o Guarani

Neste momento decisivo da segunda divisão, o Coritiba perdeu jogadores importantes. O goleiro Wilson, o meia Carlos Eduardo e o atacante Guilherme Parede não enfrentam o Guarani. Os dois primeiros, inclusive, com lesões mais sérias, estão fora da Série B, enquanto o camisa 77 está suspenso por tersido expulso diante do Paysandu. Nada, porém, que abale a confiança do técnico Argel Fucks.

+ Também na Tribuna: CBF não vai se meter na briga entre Coxa e TV

“Temos que absorver (os desfalques) e não usar como desculpa. Se tiver que jogar na chuva, campo ruim, lesões, faz parte. Foi uma infelicidade, acontece e temos que fazer nosso trabalho. Temos que lutar com os desfalques e jogar da forma que entendemos ser a melhor. Sabemos que podemos produzir mais e que ficamos devendo diante do Paysandu. Gostaria de contar com todos nesse momento, mas temos a confiança em todos. No futebol não são apenas 11 e quem entrar vai dar conta”, cravou o treinador.

+ Confira ainda: Carlos Eduardo está fora da reta final da Segundona

Para a vaga do goleiro Wilson, o técnico Argel Fucks vai escalar Rafael Martins, que fará, diante do Guarani, apenas seu terceiro jogo pelo Coritiba em dez anos de clube. Para a vaga de Guilherme Parede, o treinador vai colocar mais um meia. Assim, Yan Sasse ganha a condição, já que Chiquinho, recuperado de dores no joelho, deve entrar no decorrer do jogo.

+ Veja: Por onde anda o time que jogou na estreia do goleiro Wilson?

Para Argel Fucks, a escolha pelo meia Yan Sasse é a melhor no momento. Segundo ele, chegou a hora de o jogador, revelado na base do clube, mas já com uma sequência no time profissional nas últimas temporadas, assumir o protagonismo no Coritiba.

+ Confira: Veja a classificação da Série B

“O Yan vai jogar, é uma oportunidade para ele jogar, para ele se apresentar. Todo treinador que passa aqui no Coritiba vê as credenciais que o Yan tem. Agora, está na hora de ele assumir a camisa 10. Ele precisa entrar em campo e entender que é o momento dele, que é o momento de ele deixar de ser promessa e virar uma realidade. A gente está dando toda a retaguarda”, finalizou o treinador.

Ficha técnica

SÉRIE B
2° Turno – 34ª Rodada

Coritiba x Guarani

Coritiba
Rafael Martins; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e Abner; Simião, Vitor Carvalho, Yan Sasse e Jean Carlos; Guilherme e Alecsandro.
Técnico: Argel Fucks

Guarani
Agenor; Kevin, Philipe Maia, Fabrício e Romário; Willian Oliveira, Ricardinho e Denner; Jefferson Nem e Matheus Anjos; Gabriel Poveda.
Técnico: Umberto Louzer

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!