Mal o Campeonato Paranaense de 2012 começou, e o Coritiba já comemora recordes. Com os triunfos sobre Toledo e Corinthians, o Coxa soma 35 partidas sem perder no Estadual. A invencibilidade dura desde 2010, quando o Coxa perdeu por 1 x 0 para o Paraná Clube, em Paranaguá. Coincidentemente, na época, o técnico do rival era Marcelo Oliveira, que hoje comanda o Coxa e também já contabiliza 19 vitórias seguidas. O treinador, no entanto, alerta que preservar a marca não é o objetivo principal do Alviverde. “Se tivermos ganhando a gente vai se aproximando do nosso objetivo, que é a conquista do campeonato. Se tivermos ganhando, a invencibilidade vai subindo, mas não é uma prioridade”, avisa Oliveira.

O treinador vai além. “Nós precisamos do suficiente para sermos campeões de um campeonato muito concorrido, que será difícil, e nós vamos ter que trabalhar muito para chegar lá”, avisa. No ano passado, a série invicta rendeu ao Coritiba a inscrição de seu nome no Livro dos Recordes. O clube obteve 24 vitórias consecutivas. Isso ofuscou o bom desempenho do Coxa no Estadual. “Essa história ficou secundária e até terciária por causa das 24 vitórias seguidas, mas a gente já tinha percebido que tinha os números do Paranaense também”, relembra Guilherme Straube, do Grupo Helênicos, que resgata e mantém viva a memória alviverde no site www.historiadocoritiba.com.br.

A invencibilidade no Campeonato Paranaense vem desde que o Coxa estava sob o comando de Ney Franco. Ele abriu a sequência com 11 jogos em 2010. No ano passado, Marcelo Oliveira ampliou a marca para 22 jogos e neste ano já foram mais duas vitórias. A façanha já passa a ser uma das mais importantes do clube. “Para se ter uma ideia, o recorde anterior de vitórias do Coritib no Paranaense era 11 e a série invicta era de 27, tanto em 1972 quanto em 1973”, compara Straube.

De acordo com o historiador, naquela época se jogava muito mais vezes no Estadual e, por isso, duas sequências grandes em dois ano seguidos. Desta vez, o clube já está somando números pelo terceiro campeonato seguido.

Comparativamente a outras equipes do futebol paranaense, o Atlético foi o que chegou mais perto da marca alviverde. Entre 1981 e 1982, ficou 29 jogos invicto no campeonato.