O Coritiba pretende realizar amistosos para amenizar a falta de ritmo de jogo de alguns jogadores, como os atacantes Ricardo Oliveira e Ezequiel Cerutti e o meia Matheus Oliveira. Pelo menos é o que admitiu o técnico Jorginho após a derrota para o Santos, nesse sábado (17), no Couto Pereira, pela 17ª rodada do Brasileirão.

“Alguns jogadores ainda não estão na sua melhor forma física. É claro e evidente que o Ricardo [Oliveira] não tem condições de jogar um jogo inteiro. Quanto mais ele jogar melhor”, disse o treinador, que lançou o veterano de 40 anos nos minutos finais da partida contra o Peixe.

O centroavante, que não atuava desde março pelo Atlético-MG, foi titular contra o Fortaleza, na 15ª rodada, e permaneceu em campo por 57 minutos.

O Coxa só volta a atuar no próximo sábado (24), contra o Ceará, fora de casa. O duelo seguinte é apenas no domingo (1), no Couto Pereira, diante do Atlético-GO.

“Gostaríamos muito de fazer um amistoso, mas tem um problema porque as equipes precisam ter teste de Covid”, frisou o comandante, citando que as equipes sub-23 e sub-20 também já tem calendário definido, o que dificulta a situação.

>> Tabela e classificação do Brasileirão

“Então, quer dizer, a gente se depara com momentos difíceis. O ideal mesmo era ter um jogo-treino já na segunda-feira e colocar Cerutti, Ricardo, alguns jogadores que precisam de um ritmo de jogo para que possa msuportar pelo menos um tempo”, destacou Jorginho.

O argentino Cerruti, por exemplo, não faz uma partida oficial desde 20 de outubro de 2019, quando atuou 57 minutos pelo San Lorenzo contra o Huracán.

Já o meia Matheus Oliveira, que entrou aos 37 minutos do segundo tempo da partida contra o Palmeiras, não atuava desde 19 de maio de 2019, quando defendia o Vitória de Guimarães, de Portugal.

+ Mais do Coxa:

+ Jorginho acredita que Coritiba perdeu para o Santos “no detalhe”
+ As notas de Coritiba 1 x 2 Santos
+ Diretor de futebol do Coritiba é internado em UTI com Covid-19


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?