Foto: Valquir Aureliano

Marlos entra como titular no time do Coritiba que joga hoje à tarde.

Passada a tempestade, a vitória sobre o Caxias trouxe a bonança na Copa do Brasil, mas agora o Coritiba busca os pontos necessários para respirar melhor também no Campeonato Paranaense.

Na incômoda oitava posição, o Alviverde precisa voltar a vencer para se manter na zona de classificação. Para tanto, diante da Portuguesa Londrinense, o técnico Guilherme Macuglia aposta em Marlos e na formação que conseguiu superar os gaúchos na competição nacional e mostrou um futebol de primeira linha. O confronto contra a Lusinha está programado para as 16h no Pinheirão.

?Não estamos contentes com nossa situação dentro do estadual, perdemos pontos fundamentais contra o Nacional e o Iguaçu e, agora, temos que correr atrás?, aponta o técnico Guilherme Macuglia. Segundo ele, a equipe precisa de três vitória para se garantir entre os classificados. ?Isso para ficarmos tranqüilos e nos classificarmos entre os oito.

E como temos uma equipe em formação, assim que entrarmos numa fase decisiva, a equipe vai estar mais bem encorpada e com possibilidade de fazermos uma grande campanha?, projeta.

Para conseguir vencer a Lusinha, Macuglia aposta na mesma equipe que iniciou o segundo tempo contra o Caxias. ?Fizemos um primeiro tempo bom, mas o rendimento melhorou bastante no segundo tempo. Então não tem motivo pra mudar?, destacou o treinador alviverde. Assim, China cumprirá suspensão e Marlos entra na meia e faz com que Pedro Ken seja deslocado para a ala direita. ?Esperamos que eles possam fazer tudo o que fizeram no segundo tempo contra o Caxias e possam conseguir uma boa vitória?, destaca o treinador.

No restante da equipe, ele não fará nenhuma alteração. Havia a expectativa pelo retorno de Rodrigo Mancha, que não atuou na quarta-feira por estar suspenso, mas Macuglia preferiu continuar com Juninho. No trabalho de ontem no CT da Graciosa, as outras novidades ficaram por conta do time reserva. Estavam presentes os recém-contratados Caíco (meia), Ânderson Lima e Douglas (laterais). A estréia deles, no entanto, deverá acontecer somente em dez dias quando eles estiverem na forma física adequada.

Mando

Apesar de jogar pela segunda vez no Pinheirão este ano, o Coritiba entrará em campo como visitante.

Na abertura do Paranaense, o Rio Branco levou o confronto contra o Coxa para o estádio da federação por ter sido penalizado com a perda de mando devido a problemas na Estradinha no ano passado. Agora, a Lusinha preferiu jogar na Capital para reduzir custos devido a uma sequência de jogos na região e para aumentar a arrecadação com a presença dos torcedores alviverdes.

Lusinha quer tirar proveito da instabilidade

A inconstância do Coritiba é a principal arma da Portuguesa Londrinense para voltar a vencer no Campeonato Paranaense. ?Vamos explorar esse fator. Eles estão muito instáveis e a torcida cobra muito?, avaliou o técnico Knário. De acordo com ele, nem o fato de jogar em Curitiba será uma desvantagem.

?O Pinheirão é um campo neutro, mas nós conseguimos a maior parte dos pontos fora de casa?, apontou. Diante do Alviverde, ele terá que mudar o esquema tático devido às suspensões.

O meia Daniel, o zagueiro Tião e o atacante Ferrari estão fora e serão substituídos por Douglas, Bahia e Marcelo. ?Fomos obrigados a mudar a formação, mas nossa expectativa é buscar pontos mesmo sabendo das dificuldades?, finalizou.

Coxa traz zagueiro Luizão

O zagueiro Luizão chega hoje para fechar o elenco do Coritiba até o final do Campeonato Paranaense. Com passagens pelo Vila Nova e São Caetano, ele chega bem recomendado pelo bom porte físico e por atuar pelo lado esquerdo, como o clube vinha procurando nos últimos tempos. ?É um zagueiro-esquerdo, tivemos ótimas indicações e vem para compor o nosso sistema defensivo com o Henrique, o Douglão e o Leandro?, revelou o coordenador de futebol João Carlos Vialle.

Hoje, ele se apresenta no Alto da Glória para os exames médicos e físicos de praxe.

De acordo com o dirigente, esta deve ser a última contratação pro Estadual. ?Eu acho que, agora, com as contratações que fizemos, até o final do Campeonato Paranaense não vem mais ninguém?, projetou.

Para ele, o ?problema? agora é com o treinador. ?Eu fiz a minha parte e contratei?, brincou. Empolgado, ele lembrou que, no treinamento de ontem, as presenças dos laterais Ânderson Lima e Douglas e do meia Caíco deram um toque de qualidade a mais no elenco. ?E ainda temos o Artur para chegar na segunda-feira?, destacou.

Ontem, o clube apresentou Douglas, 23 anos, que estava no Porto Alegre, clube que pertence a Assis Moreira, irmão de Ronaldinho Gaúcho. ?Fico feliz e satisfeito em ser contratado pelo Coritiba. Eu vim aqui para dar o melhor junto com meus companheiros e conseguir a classificação no Estadual e dar seqüência na Copa do Brasil?, analisou o reforço. Antes do Coxa, ele passou por Grêmio, Joinville, Santa Cruz/RS e pelo futebol suíço.

Henrique

Assim como no ano passado, o Internacional voltou a mostrar interesse na contratação do zagueiro Henrique, mas o Coritiba só libera o jogador em definitivo.

?Se eles quiserem, basta pagar cinco milhões de euros em ?cash? e isso vale para qualquer clube do futebol brasileiro?, disse Vialle. Para ele, não há a menor possibilidade de outra negociação envolvendo o jogador.

CAMPEONATO PARANAENSE
1.ª Fase – 12.ª Rodada
Local: Pinheirão
Horário: 16 horas
Árbitro: Adriano Milczinski
Assistentes: Francisco A. Bacil Souza e Sirlei Piva
Ingressos: Cadeira, R$ 20,00 e arquibancada, R$ 10,00. Estudantes, crianças e idosos pagam meia.

Portuguesa x Coritiba

Portuguesa
Danilo; Régis, Baeza, Roberto e Ígor; Robert, Alemão, Bahia, Douglas e Aléssio; Marcelo. Técnico: Knário

Coritiba
Café; Henrique, Douglão e Leandro; Pedro Ken, Juninho, Geraldo, Marlos e Fábio Lopes; Eanes e Edmílson. Técnico: Guilherme Macuglia