O Corinthians fez sua parte nesta quarta-feira, mas acabou eliminado do Campeonato Paulista. Goleou o Rio Claro por 5 a 1, de virada, mas ficou de fora das semifinais devido às vitórias de Prudente e São Paulo, concorrentes diretos pela classificação, sobre São Caetano e Santo André, respectivamente.

O time de Mano Menezes terminou a primeira fase na quinta colocação, com 35 pontos, um a menos que o São Paulo. Com a derrota, o Rio Claro foi rebaixado para a Série A-2 – ficou em 17.º, com 19 pontos.

A partida começou com susto para os pouco mais de 12 mil corintianos que foram ao Pacaembu. Como já havia acontecido no clássico contra o São Paulo, o goleiro Rafael Santos saiu mal em cobrança de falta e largou a bola nos pés de Luciano, que, em impedimento, só empurrou para a rede, aos 13min.

O Corinthians, que abusava dos passes errados, viu-se obrigado a mudar o estilo de jogo a partir dos 22min, com a contusão de Tcheco, que torceu o tornozelo esquerdo e foi substituído com suspeita de lesão nos ligamentos. Iarley entrou e deu maior movimentação à equipe. Aos 31min, Ronaldo antecipou-se à zaga em falta cobrada por Roberto Carlos e desviou para empatar. O Fenômeno, mais solto que nos jogos anteriores, ainda poderia ter anotado mais dois gols se tivesse finalizado com o capricho dos velhos tempos.

A falta de pontaria no primeiro tempo foi compensada no segundo. Aos 3min, Elias puxou contra-ataque e a bola sobrou para Dentinho bater com força. O terceiro gol veio aos 7min, com uma bela linha de passe: Elias para Dentinho, Dentinho para Ronaldo, Ronaldo para Iarley, Iarley para a rede. Aos 22min, Roberto Carlos recebeu de Danilo na área e soltou a bomba. Dez minutos depois, o lateral tocou para Dentinho bater na saída do goleiro e fechar a vitória.

FICHA TÉCNICA:

Corinthians 5 x 1 Rio Claro

Corinthians – Rafael Santos; Jucilei, Paulo André, William e Roberto Carlos; Marcelo Mattos, Tcheco (Iarley), Elias e Danilo (Edu); Dentinho (Defederico) e Ronaldo. Técnico – Mano Menezes.

Rio Claro – Sidney; Robinho (William), Luciano e Nelinho; Odair Lucas, Danilo Avelar, Diego, Henrique (Fernando Gaúcho) e Luiz Fernando; Edu Salles e David (Mirandinha). Técnico – Agnaldo Liz.

Gols – Luciano, aos 13, e Ronaldo, aos 31 minutos do primeiro tempo; Dentinho, aos 3, Iarley, aos 7, Roberto Carlos, aos 22, e Dentinho, aos 32 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza.

Cartões amarelos – Nelinho, Henrique, William, Robinho, Marcelo Mattos, Diego.

Renda – R$ 346.226,00.

Público – 12.013 pagantes (12.662 presentes).

Local – estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).