O Flamengo voltou a frustrar seu torcedor e perdeu nesta quarta-feira o jogo-treino contra o Serra Macaense por 2 a 1. No primeiro teste do volante Rômulo na equipe, os rubro-negros decepcionaram, caíram diante do frágil adversário da segunda divisão carioca no Ninho do Urubu e seguem sem vencer em 2017.

Com o resultado, o Flamengo acumulou sua segunda derrota no ano, a segunda por 2 a 1, seguindo o exemplo do que aconteceu no último sábado contra o Vila Nova, em Goiânia. Com isso, o otimismo do torcedor com o terceiro colocado do último Brasileirão começa a se tornar preocupação às vésperas da estreia no Campeonato Carioca, neste sábado, contra o Boavista.

“Ninguém gosta de perder, mas sabemos que nossa responsabilidade começa no sábado. Temos a consciência de que estamos com as pernas pesadas. É muito cedo ainda para começar a falar. Independentemente dos resultados que tivemos até agora, o time está no caminho certo. O Flamengo está se preparando para sábado, que é quando valerão três pontos”, garantiu o zagueiro Rafael Vaz.

Nesta quarta, o técnico Zé Ricardo levou o Flamengo a campo com o que tinha de melhor. Sem Alex Muralha, Jorge, Willian Arão e Diego, na seleção brasileira, além de Cuéllar, na colombiana, o time rubro-negro teve: Thiago; Pará, Réver, Rafael Vaz e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Rômulo, Mancuello, Adryan e Éverton; Guerrero.

O Flamengo até começou melhor a partida e abriu o placar após bela troca de passes. Guerrero recebeu no pivô e tocou para Márcio Araújo, que finalizou por cobertura para marcar um lindo gol. Mas antes mesmo do intervalo, o Serra Macaense foi para cima e deixou tudo igual, com Elton Pereira.

No segundo tempo, Zé Ricardo mudou toda equipe e deu chances para alguns garotos, com destaque para o jovem Vinicius Júnior, de 16 anos, principal promessa do clube. O Flamengo teve: Thiago; Rodinei, Léo Duarte, Juan e Rafael Santos; Ronaldo, Cafu e Jean Lucas; Marcelo Cirino, Vinicius Júnior e Leandro Damião.

Mesmo diante dos reservas, o Serra Macaense manteve sua postura defensiva e soube bloquear os ataques rubro-negros. Já na reta final, conseguiu o gol da vitória após erro flamenguista. Léo Duarte falhou, Daniel aproveitou a sobra e finalizou para selar o resultado.