Embalado pela ótima estreia no Campeonato Brasileiro – vitória por 4 a 2 sobre o São Paulo -, o Botafogo tem desfalques no time e na comissão técnica no jogo contra o Coritiba, neste domingo, às 16 horas, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. A equipe está sem o goleiro Jefferson, com a seleção brasileira na Europa, o zagueiro Antônio Carlos, o volante Marcelo Mattos e o meia Andrezinho, contundidos.

O atacante uruguaio Loco Abreu acusou dores musculares e também deve ficar fora. Mas a sua exclusão já estava em pauta por causa de seu desempenho ruim nas últimas partidas. No ataque, a esperança de gols do Botafogo se chama Herrera. O argentino marcou três vezes na vitória sobre o São Paulo.

Mas há outra ausência no Botafogo para o jogo em Curitiba. O técnico Oswaldo de Oliveira foi expulso na primeira rodada do campeonato e cumpre suspensão. De acordo com parecer do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ele não poderia ocupar nenhuma área restrita do estádio e estaria assim impedido de passar orientações para seu substituo, Flávio Tenius, de dentro do Couto Pereira. Isso no entanto não deve acontecer.

Para convencer seus atletas sobres as dificuldades do confronto, Oswaldo de Oliveira lembrou da ótima campanha do Coritiba na temporada passada, quando alcançou uma série históricas de vitórias. “Em casa, o Coritiba cresce ainda mais. Vai ser um jogo complicado, mas acredito no nosso grupo, que tem boas peças de reposição”, declarou o técnico.