O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, celebrou a decisão dos Estados Unidos de apresentar uma candidatura para sediar os Jogos de 2024 e declarou que qualquer cidade escolhida será um concorrente “muito forte”.

A diretoria do Comitê Olímpico dos Estados Unidos aprovou na última terça-feira a decisão de se candidatar a sediar o evento, mas ainda não definiu qual cidade será a escolhida – a decisão ficará entre Boston, Los Angeles, San Francisco e Washington.

“Uma candidatura dos Estados Unidos seria muito forte, independentemente de qual das cidades for a escolhida”, disse Bach. “Cada uma das quatro cidades tem o seu próprio apelo muito especial”, completou o presidente do COI.

Os Estados Unidos não acolhem os Jogos Olímpicos de Verão desde 1996, quando Atlanta sediou o evento. Nova York e Chicago tentaram sediar as edições de 2012 e 2016 da Olimpíada, respectivamente, mas as cidades escolhidas foram Londres e o Rio.

Antes dos Estados Unidos, outros países já haviam manifestado o interesse em sediar a Olimpíada. A Itália revelou que Roma será a sua candidata, a Alemanha também anunciou que enviará uma candidatura para Berlim ou Hamburgo e a França deve inscrever Paris.

Além destes grandes centros, outras cidades aparecem como candidatas em potencial para a Olimpíada de 2024. São elas: Doha, no Catar; Dubai, nos Emirados Árabes Unidos; Baku, no Azerbaijão; Istambul, na Turquia; Budapeste, na Hungria; e uma cidade da África do Sul. A escolha da sede da Olimpíada de 2024 acontecerá em 2017 e o prazo para inscrição é setembro de 2015.