Melbourne – O brasileiro César Castro ficou em oitavo lugar na final da prova do trampolim de 3 metros, ontem, durante a disputa dos saltos ornamentais no Mundial de Esportes Aquáticos, em Melbourne, na Austrália. Ele não conseguiu chegar ao pódio, mas garantiu classificação para os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008 – a vaga é do país, não do atleta.

Durante as eliminatórias da prova, na quinta-feira, César Castro ficou com a última vaga para as semifinais, em 18.º lugar. Depois melhorou sua performance e conseguiu a 8.ª posição. E na final, repetiu a 8.ª colocação, somando 469,90 pontos.

A medalha de ouro foi para o chinês Kai Qin, com 545,35 pontos. Campeão dessa prova na última edição do Mundial, o canadense Alexandre Despatie levou a prata dessa vez (518,65). E o bronze foi para o russo Dmitry Sautin, com 517,10.

?Foi bonita esta prova. Saltei bem e estou feliz. Consegui melhorar minha pontuação em relação às eliminatórias e semifinais, mas esperava uma colocação um pouco melhor. A galera saltou muito bem e foi uma competição difícil?, afirmou César Castro.

Nado sincronizado

 Na final do dueto livre, na madrugada de ontem, as brasileiras Caroline Hildebrandt e Lara Teixeira terminaram com a 12.ª posição, entre as 12 classificadas, ao somarem 89,000 pontos. As vencedoras foram as russas Anastasia Davydova e Anastasia Ermakova, atuais campeãs olímpicas, que faturaram o tricampeonato mundial com 99,333 pontos.

?O resultado de forma geral foi ótimo. A performance nas eliminatórias e finais foi parelha, mas é lógico que há algumas coisas a serem consertadas até o Pan. Mas o caminho é este?, disse Roberta Périllier, a treinadora do Brasil no nado sincronizado.

Pólo aquático

A seleção brasileira feminina perdeu para a Austrália por 11 a 3, ontem, e terminou em terceiro lugar no Grupo B do Mundial. Assim, o Brasil irá enfrentar a Espanha, segunda colocada do Grupo A, na fase eliminatória do campeonato – esse duelo acontece na madrugada de domingo.

?A gente sabia que ia ser um jogo difícil. E o resultado era este mesmo, talvez desse pra fazer uma diferença menor. Cometemos alguns errinhos e vamos tentar consertá-los pro próximo jogo?, afirmou a jogadora André a Henriques.

Na primeira fase, além da derrota para a Austrália, o Brasil perdeu para o Canadá, mas conseguiu ganhar de Porto Rico.