Em um jogo movimentado, com quatro gols na primeira etapa, polêmica e arbitragem confusa, o Ceará segurou o Flamengo e saiu classificado do Estádio Presidente Vargas com um empate por 2 a 2, na noite desta quarta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Thiago Neves e Washington marcaram duas vezes cada.

Após perder por 2 a 1, no Engenhão, na semana passada, o Flamengo precisou de apenas 27 minutos para reverter a vantagem dos donos da casa nesta quarta. Em menos de 10 minutos, os visitantes já haviam finalizado cinco vezes a gol e dominavam amplamente o jogo, com ótima movimentação de Bottinelli pela esquerda, Ronaldinho Gaúcho pelo meio e Thiago Neves pela direita.

O trio ditava o ritmo e criava boas situações. Aos 19, Ronaldinho deu passe primoroso para Thiago Neves, que dominou e tocou na saída de Fernando Henrique. Antes do segundo gol rubro-negro, um erro da arbitragem que se mostraria crucial. Sandro Meira Ricci deu cartão amarelo sem propósito a Ronaldo Angelim.

Minutos depois, Thiago Neves fez jogada individual e chutou no canto da entrada da área, aos 27. O resultado classificava os cariocas que eram donos do jogo. Mas uma falta na entrada da área e novo erro de Ricci mudariam o rumo do confronto. Aos 34, Diego Macedo cruzou na cabeça de Washington, o substituto do afastado Marcelo Nicácio: gol.

Quatro minutos depois, o árbitro do Distrito Federal marcou falta de Angelim e advertiu com o segundo amarelo, também equivocadamente, resultando no vermelho. Na sequência do lance, Washington aproveitou mais uma bola alçada na área e chutou mascado. A bola entrou no canto, aos 41. Muitos protestos rubro-negros à saída para o intervalo, com os jogadores se desentendendo com os policiais locais.

Com o técnico Vanderlei Luxemburgo também expulso do banco, o time do Flamengo continuou pressionando em busca do gol que lhe daria a classificação na volta do intervalo. Aos 9, Ronaldinho deixou Wanderley na cara do gol. O goleiro Fernando Henrique salvou com os pés.

Aos 19, Thiago Neves perdeu grande chance, mas uma vez com o goleiro cearense aparecendo bem. Luxemburgo tentou lançar o time à frente, colocando Fierro e depois Negueba, mas os jogadores cansaram a partir dos 35 minutos e não conseguiram chegar ao gol salvador.

Com a vaga garantida, o Ceará terá pela frente na semifinal o Coritiba, que perdeu a invencibilidade no ano nesta quarta. Os paranaenses foram derrotados pelo Palmeiras por 2 a 0, no Pacaembu, mas asseguraram a classificação por conta da goleada de 6 a 0 aplicada no time paulista na semana passada.

Ficha Técnica:

Ceará 2 x 2 Flamengo

Ceará – Fernando Henrique; Boiadeiro (Diego Macedo), Fabrício, Erivélton e Vicente (Osvaldo); Michel, João Marcos, Thiago Humberto (Eusébio) e Geraldo; Iarley e Washington. Técnico: Vagner Mancini.

Flamengo – Felipe; Leonardo Moura (Fierro), Welinton, David e Ronaldo Angelim; Willians (Negueba), Renato, Bottinelli (Egídio) e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Wanderley. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Gols – Thiago Neves, aos 19 e aos 27, e Washington, aos 34 e aos 41 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos – Diego Macedo, Michel (Ceará); Felipe, Welinton, Willians, Egídio, Renato (Flamengo).

Cartão vermelho – Ronaldo Angelim (Flamengo).

Árbitro – Sandro Meira Ricci (DF).

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE).