Às 22 horas desta quinta-feira, o elenco do Botafogo terá que estar no hotel, iniciando a concentração para a partida de sábado contra o Fluminense. A decisão tomada pelo técnico René Simões visa garantir o descanso dos jogadores depois de uma maratona de jogos. E também minimizar a pressão sobre o time, que sofreu para eliminar o Botafogo-PB da Copa do Brasil na quarta-feira à noite.

“(A concentração antecipada) É válida, sim, e o René tem todo mérito com a gente para fazer isso. É um jogo decisivo e o time passou uma maratona de jogos. O jogo de sábado é importante, precisamos ganhar e vamos jogar no nosso estádio. Aqui estamos invictos”, comentou o lateral Thiago Carleto.

Depois de perder por 2 a 1 na partida de ida, sábado passado, no Maracanã, o Botafogo precisa vencer por qualquer placar para avançar à decisão. Para Carleto, o time alvinegro tem a seu favor não apenas o Engenhão, onde só ganhou no Carioca, como a campanha que rendeu ao clube o título da Taça Guanabara, a primeira fase do Estadual.

“O mérito de o Botafogo hoje ser o campeão da Taça Guanabara e ter avançado na Copa do Brasil é devido a concentração em todos os jogos que entramos. Muitas vezes revertemos jogos no segundo tempo e cada jogo para nós é uma final de Copa do Mundo. Contra o Fluminense não vai ser diferente, uma semifinal de Estadual”, promete o lateral.