Não bastasse o fracasso na Copa do Brasil e a bruxa ainda fez suas vítimas no elenco do Coritiba que tenta se recuperar diante do Paraná Clube, no domingo. Mais grave, Dick rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito, mesma lesão que já tirou Keirrison de combate por uma temporada inteira. Como o tratamento varia de seis a oito meses, ele só deverá voltar a jogar no ano que vem. Menos grave, mas mais importante para a equipe, Pedro Ken sofreu uma pancada também no joelho direito, ficará em tratamento e pode desfalcar o time no clássico.

?Ele sofreu uma contusão no joelho. Por hora é dúvida para domingo. Está em tratamento e a situação definitiva do atleta será definida sábado (amanhã)?, disse o coordenador médico, Lúcio Ernlund. Hoje, Ken continuará na fisioterapia. Menos sorte teve o lateral Dick. Com a lesão sofrida na partida de quarta-feira, constatada ontem após um exame de ressonância magnética, ele fica entre duas e três semanas em tratamento antes de entrar na faca. O próprio Ernlund deverá operar o lateral-direito e ele mesmo lembra que a lesão é semelhante à sofrida por K9 em 2006.

Time

O técnico Dorival Júnior comanda hoje à tarde, no CT da Graciosa, o treinamento apronto para o clássico de domingo contra o Paraná Clube. As novidades deverão ser o retorno de Carlinhos Paraíba à meia no lugar de Marlos (suspenso) e Marcos Tamandaré à lateral-direita, depois de ficar de fora da partida de quarta-feira, porque estava suspenso. Como Pedro Ken é dúvida, o treinador ainda precisa definir quem pode ser o substituto em caso de desfalque.