O Brasil está invicto em confrontos contra a Inglaterra pela Copa do Mundo. Em três jogos, foram duas vitórias brasileiras e um empate. Esses dois diferentes estilos do futebol não se enfrentam no Mundial desde 1970, ano em que o Brasil derrotou a Inglaterra por 1 a 0 e partiu rumo ao título. Em 1962, outra vitória sul-americana, por 3 a 1. O jogo mais equilibrado e dramático foi o da Copa de 1958, que ficou em 0 a 0.

Em 1956, a seleção brasileira fez uma excursão pela Europa e enfrentou os ingleses pela primeira vez num amistoso, em Wembley. O goleiro Gilmar teve uma grande atuação, mas não conseguiu evitar a derrota por 4 a 2. Era um dos jogos de despedida do lendário atacante Stanley Mathews. Alguns meses depois, a Inglaterra perderia vários de seus jogadores no acidente de avião em que morreu a maior parte do time do Manchester United, como Taylor.

Gilmar estava novamente no gol em 11 de junho de 1958, quando o Brasil enfrentou a Inglaterra na segunda partida da primeira fase da Copa, em Gotemburgo, na Suécia. O time brasileiro havia estreado com uma vitória por 3 a 0 sobre a Áustria, mas parou diante dos ingleses: não conseguiu sair do 0 a 0, por causa dos erros de seu ataque e da grande atuação do goleiro britânico McDonald.

Um dos chutes de Vavá bateu na trave. No jogo seguinte, contra a União Soviética, o técnico Vicente Feola mexeu no time, colocando em campo Zito, Garrincha e Pelé. A seleção venceu a União Soviética por 2 a 0 e partiu em busca do título, que conquistaria com o placar de 5 a 2 diante da Suécia.

Em maio de 1959, houve um dos maiores amistosos entre as duas seleções, desta vez no Maracanã: Feola escalou Julinho na ponta-direita, em vez de Garrincha, e foi vaiado, mas o Brasil jogou bem e venceu por 2 a 0.

Três anos depois, o Brasil, foi à Copa de 1962 como campeão mundial e reencontrou a Inglaterra nas quartas-de-final, em 10 de junho, em Viña del Mar, no Chile. Pelé estava fora do time por causa de uma distensão muscular sofrida no segundo jogo  contra a Checoslováquia. Garrincha, em grande fase, fez 1 a 0 com uma cabeçada entre três adversários, aos 32 minutos. Apenas 7 minutos depois, Hitchens empatou para o English Team, que tinha o zagueiro Bobby Moore e o atacante Bobby Charlton. Aos 8 minutos do segundo tempo, Moore fez falta em Amarildo. Garrincha cobrou, o goleiro Springett só rebateu e Vavá pegou o rebote, chegando aos 2 a 1. Garrincha fez 3 a 1, chute de fora da área, em jogada com Didi e Amarildo.

Já na Copa de 1966, conquistada pela Inglaterra, o futebol brasileiro fracassou e acabou sendo eliminado na primeira fase. Foi como campeão mundial e um dos grandes favoritos da Copa de 1970 que o time inglês enfrentou novamente o Brasil na primeira fase, em Guadalajara, em 7 de junho. Então, havia Pelé, Tostão, Jairzinho, Gérson, Clodoaldo, Rivelino.

No lado inglês, a equipe tinha o goleiro Banks, que faria grande defesa em uma cabeçada de Pelé, além de Moore e Charlton. Um grande jogo, tendo na arbitragem o israelense Abraham Klein . O primeiro tempo terminou em 0 a 0, mas, o Brasil marcaria um lindo gol aos 14 minutos do segundo tempo: Jairzinho, aproveitando jogada de Pelé e Tostão. Com a vitória por 1 a 0, o time de Zagallo ganharia firmeza e conquistaria o título contra a Itália, duas semanas depois. Agora, 32 anos após o último confronto, a antiga rivalidade será revivida na sexta-feira, no Japão.