A seleção brasileira feminina de vôlei teve uma estreia arrasadora no Pré-Olímpico. Favorito para ficar com a única vaga em jogo para a Olimpíada de Londres, o Brasil massacrou o Uruguai por 3 sets a 0 (25/4, 25/12 e 25/7), na noite desta quarta-feira, em São Carlos, no interior de São Paulo.

Nesta quinta-feira, o Brasil vai enfrentar a Colômbia a partir das 18 horas, quando deve conquistar mais uma vitória tranquila e, assim, confirmar a primeira colocação do Grupo A, assegurando sua classificação para as semifinais do Pré-Olímpico – são apenas três equipes na chave.

Apesar de ser atual campeã olímpica, a seleção brasileira não conseguiu a vaga para Londres durante a Copa do Mundo do ano passado, no Japão, quando decepcionou e terminou apenas em quinto lugar – somente as três melhores se classificavam. Assim, é obrigada a disputar o Pré-Olímpico Sul-Americano.

No Pré-Olímpico, o Brasil não pode contar com a ponteira Mari, uma das principais jogadoras do grupo, cortada por causa de lesão. Assim, o técnico José Roberto Guimarães armou o time titular para a estreia com Fabíola, Sheilla, Jaqueline, Fernanda Garay, Adenízia, Thaisa e a líbero Fabi.

Mas, independente da escalação escolhida por Zé Roberto, a diferença de nível técnico entre as jogadoras brasileiras e uruguaias é muito grande. Tanto que o Brasil precisou de menos de 1 hora para vencer a partida por 3 sets a 0, sem sofrer qualquer ameaça do adversário.

Diante da facilidade do jogo, Zé Roberto aproveitou para dar ritmo para outras jogadoras. Assim, Camila Brait, Dani Lins, Paula Pequeno e Tandara também entraram em quadra. E, mesmo com as mudanças no time, o Brasil não deu qualquer chance de reação para o inofensivo Uruguai.

Após a vitória extremamente tranquila, Zé Roberto elogiou a performance do Brasil. “O que eu mais gostei foi a postura (da seleção brasileira). Lógico que o time do Uruguai é mais fraco tecnicamente. Mas todas jogadoras que entraram, entraram concentradas e querendo jogo”, avaliou o treinador.

Nos outros dois jogos disputados nesta quarta-feira, na rodada de abertura do Pré-Olímpico, o Peru derrotou o Chile por 3 sets a 0 (25/14, 25/11 e 25/6) e a Venezuela ganhou da Argentina por 3 sets a 1 (19/25, 25/20, 25/17 e 25/23) – essas quatro seleções compõem o Grupo B do torneio.