O Botafogo estragou a estreia do técnico Cuca no Atlético-MG. Mesmo poupando alguns titulares, o time carioca derrotou o adversário mineiro por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em Ipatinga (MG), e ficou perto da vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana. Agora, pode até perder por 1 a 0 no jogo de volta, marcado para acontecer no dia 23 de agosto, no Engenhão, no Rio.

Mais preocupado com a campanha no Brasileirão, no qual o Botafogo ocupa a sexta colocação, o técnico Caio Júnior resolveu poupar três titulares na estreia na Copa Sul-Americana. Assim, o lateral Cortês, o volante Renato e o meia Elkeson não enfrentaram o Atlético-MG nesta quarta-feira, para estarem em boas condições diante do América-MG, sábado, pelo campeonato nacional.

Do outro lado, o estreante técnico Cuca optou por utilizar força máxima na Sul-Americana, mas fez algumas mudanças em relação ao time que vinha sendo escalado por seu antecessor, Dorival Júnior, dando chance para Réver, Guilherme Santos e Toró. Mas ele viu o Atlético-MG sofrer para conseguir o resultado positivo, assim como acontece também no Brasileirão.

Mesmo com força máxima, jogando em casa e contando com a motivação da estreia de Cuca, o Atlético-MG foi surpreendido pelo Botafogo logo aos seis minutos de jogo, quando o atacante argentino Herrera abriu o placar. Depois, já aos 38, o meia Maicosuel ampliou a vantagem botafoguense. Mas o time mineiro diminuiu ainda no primeiro tempo, com o volante Richarlyson aos 44.

No segundo tempo, Cuca tentou colocar o Atlético-MG no ataque, ao trocar o lateral Guilherme Santos pelo meia-atacante Mancini. Além disso, fez uma mudança na frente, substituindo Magno Alves por Neto Berola. Mas o time mineiro parou nas boas defesas do goleiro Jefferson, que conseguiu garantir a importante vitória em Ipatinga, deixando o Botafogo perto da classificação.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-MG 1 x 2 Botafogo

Atlético-MG – Giovanni; Patric (Wesley), Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos (Mancini); Serginho, Toró, Richarlyson e Caio; Magno Alves (Neto Berola) e André. Técnico: Cuca.

Botafogo – Jefferson; Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo (Léo); Marcelo Mattos, Lucas Zen, Felipe Menezes e Maicosuel (Alexandre Oliveira); Herrera (Alexsander) e Loco Abreu. Técnico: Caio Júnior.

Gols – Herrera, aos seis, Maicosuel, aos 38, e Richarlyson, aos 44 minutos do primeiro tempo.

Árbitro – Paulo Cesar Oliveira (Fifa/SP).

Cartões amarelos – Toró e Lucas Zen.

Cartão vermelho – Toró.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Ipatingão, em Ipatinga (MG).