Faltando três rodadas para o final da primeira fase, o Atlético tem um jogo decisivo na busca pela classificação à próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. O Furacão tem a oportunidade de entrar no G4 do Grupo A caso vença a Chapecoense, nesta quinta-feira (9), às 17h30, na Arena da Baixada. De quebra, pode assumir até a vice-liderança da competição.

O time atleticano, comandado pelo técnico Kelly, sabe da pressão que terá ao entrar em campo, já que a primeira fase do Aspirantes está se afunilando. Além disso, a Chapecoense, no Grupo B, está na terceira posição e vai brigar para sustentar sua posição dentro da zona de classificação.

“Entramos em um momento decisivo da competição. Trabalhamos bem, conscientes daquilo que precisamos fazer para conquistar a vitória. Sabemos que será um jogo muito difícil, mas a equipe está bem preparada”, apontou o treinador, em entrevista ao site oficial do Rubro-Negro.

Dentre os jogadores relacionados para a partida e que já passaram pelo time principal estão os atacantes Bill e Demethryus e os meias Matheus Anjos e Vitinho. Além deles, o lateral-direito Reginaldo, recém-contratado do Londrina, também deve ser utilizado. A expectativa de Kelly é de que o torcedor do Furacão possa comparecer em bom número à Arena da Baixada.

“O torcedor tem extrema importância no processo de formação, no acompanhamento e na motivação dos jogadores. Principalmente no sentido de criar uma atmosfera para que eles comecem a se identificar com o ambiente de estádio, de cobrança. Isso é importante e contamos com o apoio do torcedor para fazer uma boa partida”, finalizou.

Os sócios do Atlético terão entrada livre na partida. Para o torcedor que não é associado, um ingresso custa cinco apostas da Timemania do concurso 1216 com o Atlético marcado como time do coração. O acesso acontecerá somente pelo portão G do setor Getúlio Vargas.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!