O Atlético ficou no empate por 1 a 1 contra o Ipatinga, em Minhas Gerais, na noite desta sexta-feira (31), em jogo válido pela Série B do Brasileirão. O time de Ricardo Drubscky não cumpriu o objetivo da rodada: vencer para garantir uma colocação entre o G4, mas conseguiu chegar aos 34 pontos, na quinta colocação do campeonato.

O jogo começou animado. O Atlético conseguiu um cruzamento para a área de Helton Leite já no primeiro minuto de partida, mas a jogada acabou nas mãos do goleiro.

Outra jogada de perigo do Atlético aconteceu por volta dos 14 minutos. Maranhão conseguiu passar pela zaga e cruzar na pequena área, mas ninguém apareceu e a bola foi isolada pelo zagueiro Gedeílson.

Aos 19 minutos, o Ipatinga chegou com perigo. Bruno Batata conseguiu cabecear sozinho, mas ele desperdiçou. A bola saiu raspando a trave de Weverton.

Já aos 43 minutos, Marcão perdeu a melhor chance de gol do primeiro tempo para o Atlético. Ele dominou a bola e, praticamente sozinho, mandou uma bomba para fora do gol. Ele tinha várias chances de toque, mas preferiu tentar a jogada sozinho, o que infelizmente não deu certo.

Na segunda etapa de jogo o Atlético voltou com Derley no lugar de Deivid. O jogador chegou parecendo ser a esperança para o jogo. No primeiro minuto de jogo, ele quase abriu o placar para o Atlético. No cruzamento, Derley cabeceou na pequena área, mas o goleiro do Ipatinga, esperto, barrou a jogada.

A partir daí, o Furacão começou a mostrar-se mais ofensivo. Entre os 10 e 12 minutos de jogo, o time mandou dois chutes perigosos contra o gol do Ipatinga, mas nada de a bola entrar.

Outra jogada de perigo de Derley aconteceu aos 17 minutos. O jogador recebeu ótimo lançamento pela direita da área do Ipatinga, mas, ao cruzar, a bola foi interceptada pela zaga mineira.

Mas, como diz o ditado, quem não faz toma. E assim foi. Aos 22 minutos o Ipatinga abriu o placar em Minas Gerais. Na cobrança de escanteio, Eron surpreendeu a defesa atleticana e cabeceou para o fundo do gol de Weverton.

Depois do gol do Ipatinga, o Atlético tentou por várias vezes chegar ao gol. Marcão perdeu boas chances de finalizar para empatar a partida, mas não obteve sucesso.

O empate

Uma bomba de João Paulo surpreendeu a todos. O jogador conseguiu empatar o jogo aos 43 minutos do segundo tempo, garantindo assim um ponto para o Furacão na classificação.

“Não era uma boa noite para mim. Tive chances nas acabei perdendo. Tem dias que acertamos mais que os outros. Voltar a jogar em Curitiba será melhor para o Atlético. A torcida vai nos apoiar neste objetivo que é subir para a Série A”, disse Marcão.