Tiago Nunes é o melhor técnico do futebol brasileiro. É o que aponta a edição de outubro do Ranking de Treinadores, promovido pelos jornais O Globo e Extra, do Rio de Janeiro. Utilizando uma pontuação específica para todas as competições, e fazendo a avaliação dos últimos doze meses, os jornais apontaram o treinador do Athletico como o de melhor rendimento neste período.

+ Leia mais: Bruno Guimarães e Santos já estão com as seleções brasileiras

O técnico rubro-negro estava entre os primeiros colocados desde a adoção do ranking, no ano passado, mas nos últimos 30 dias deu uma arrancada e ultrapassou Luiz Felipe Scolari (que, mesmo demitido do Palmeiras, segue em segundo) e Renato Gaúcho, assumindo a liderança. Ele atingiu 285,9 pontos, enquanto Felipão tem 266,2 e Renato tem 248,1.

É a primeira vez que o ranking é liderado por um técnico fora do ‘eixo’ RJ-SP-RS-MG, onde estão os clubes mais tradicionais do país. “Ter o reconhecimento num ranking brasileiro é sempre uma marca histórica, que gera muita felicidade. Espero poder merecer as primeiras posições durante muito tempo”, disse Tiago Nunes, em entrevista a O Globo.

Reprodução/O Globo
Reprodução/O Globo

Para ele, essa conquista individual aponta o acerto do projeto do Furacão. “Isso mostra que é possível se construir boas campanhas e conquistar títulos aliando a continuidade do trabalho com a formação de jovens atletas e com conceitos bem estabelecidos institucionalmente”, comentou Tiago, que deve permanecer na frente ainda em novembro – em dezembro, os pontos do título da Copa Sul-Americana serão retirados.

Como foi criado o ranking

Subeditor de Esporte dos jornais Extra e O Globo, o jornalista Thales Machado foi o responsável pela criação do ranking. Em conversa com a Tribuna do Paraná, ele explicou que o projeto queria dar um panorama mais completo do trabalho dos técnicos brasileiros. “A ideia foi inspirada no ranking da ATP (Associação de Tenistas Profissionais), e feito para dar mais justiça na avaliação. Começamos no início do ano passado para ver quem tinha sido o melhor treinador do ano passado”, contou.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

Foi criado um cálculo que dá peso a cada partida, e dessa conta é tirada uma média. “A gente convive com a irregularidade do futebol, as trocas de técnico. Aí criamos um cálculo pra que isso não desequilibrasse o ranking. Isso inclusive ajudou o Tiago Nunes, porque ele não teve jogos oficiais nos dois primeiros meses do ano”, disse Thales Machado. “O título da Copa do Brasil fez ele dar um salto e assumir o primeiro lugar. O Tiago ficou em quarto lugar ano passado e é um dos candidatos a ser o melhor técnico do País em 2019”, finalizou o jornalista.

Mais do Furacão:

+ Clube quer continuar subindo no Brasileirão
+ Especial: Como Thiago Heleno superou a suspensão por doping
+ Acompanhe a atualização do estado de saúde de Mário Celso Petraglia