Direto do Chile – Após o apito final da derrota por 1×0 para o Colo-Colo, no Chile, o Athletico ainda perdeu o goleiro Jandrei. Assim que o jogo acabou, o arqueiro chutou a bola para longe e foi advertido pelo árbitro colombiano Nicolas Gallo com o cartão vermelho.

A atitude do juiz revoltou o jogador, que fez coro ao técnico Dorival Júnior e reclamou bastante da arbitragem em campo, que, segundo ele, ajudou os donos da casa.

“Eu tava correndo para bater (a falta), ele me viu correndo e apitou o fim (do jogo). Não tem o que fazer. Ele (árbitro) não deixava a gente falar durante o jogo. Foi minha primeira expulsão na carreira e ser assim é pior ainda. O árbitro, fazendo tudo que ele fez, ajudando o Colo-Colo durante todo o jogo… o que eles falam é a lei e não podemos falar, ele não escutava”, desabafou Jandrei.

Visivilmente abalado pela expulsão, o goleiro tentou resumir o seu sentimento após o jogo. “Tristeza, raiva, tudo. É uma situação difícil, chata. Como foi, sem ele deixar a gente argumentar…”, disse ele.

Sem Jandrei e também Santos, que se recupera de uma cirurgia no joelho, o goleiro do Furacão no jogo contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia, na próxima terça-feira (17), será Léo, que ganhou o apoio do companheiro.

“O Léo é importante para o grupo também. É experiente, já venceu vários títulos aqui e vai ajudar o elenco”, finalizou o arqueiro.

+ Mais do Furacão:

+ Paisagem do estádio, provocações da torcida e ‘silêncio’ agitaram jogo do Athletico no Chile
+ Augusto Mafuz: Athletico foi melancólico no Chile; Petraglia não pode vender esperanças
+ Cristian Toledo: Colo-Colo 1×0 Athletico: faltou o Bruno Guimarães
+ Dorival Júnior elogia atuação do Athletico, mas dispara contra arbitragem
+ Jandrei é expulso após derrota do Athetico e critica postura da arbitragem
+ Athletico leva gol no começo e perde para o Colo-Colo no Chile