Mesmo com a derrota por 1×0 para o Colo-Colo, na noite de quarta-feira (11), pela Libertadores, o técnico Dorival Júnior elogiou a atuação do Athletico.

Por outro lado, o comandante reclamou da arbitragem do colombiano Nicolas Gallo, que, na opinião dele, interferiu diretamente no resultado do jogo.

“Tivemos uma participação direta do árbitro na definição do placar. Teve antijogo e ele foi conivente. Isso mancha a imagem do futebol sul-americano. A bola ficava parada por muito tempo e isso fazia quebrar a qualidade do espetáculo”, opinou o treinador

Blog do Cristian: Colo Colo 1 x 0 Athletico: faltou o Bruno Guimarães

“O ritmo da partida foi comprometido pela arbitragem. Não fluiu e a interferência da arbitragem facilitou isso. Queríamos que o jogo tivesse mais bola rolando”, completou ele, que viu evolução na equipe em relação à estreia.

Na abertura do torneio, o Furacão derrotou o Peñarol, do Uruguai, por 1×0, na Arena da Baixada.

+ Confira a tabela e a classificação da Libertadores

“Fizemos um grande jogo, estamos evoluindo a cada jogada. Tivemos volume e entrega. Reconhecemos o resultado, aceitamos, mas acredito que pelo que fizemos, merecíamos uma sorte maior”, comentou.

+ Mais do Furacão:

+ Paisagem do estádio, provocações da torcida e ‘silêncio’ agitaram jogo do Athletico no Chile
+ Augusto Mafuz: Athletico foi melancólico no Chile; Petraglia não pode vender esperanças
+ Cristian Toledo: Colo-Colo 1×0 Athletico: faltou o Bruno Guimarães
+ Dorival Júnior elogia atuação do Athletico, mas dispara contra arbitragem
+ Jandrei é expulso após derrota do Athetico e critica postura da arbitragem
+ Athletico leva gol no começo e perde para o Colo-Colo no Chile