enkontra.com
Fechar busca

Athletico

Athletico Paranaense

Athletico Paranaense

Na bronca

Torcedor ‘rasga o verbo’ contra a diretoria do Athletico por conta de medida polêmica

Flamengo não liberou ingressos para a torcida do Furacão para a partida desta quarta-feira, pela Copa do Brasil

  • Por Luiz Ferraz
Fernando Azevedo foi à sede do Flamengo. Foto: Arquivo pessoal.

O torcedor do Athletico pode ter problemas no duelo decisivo das quartas de final da Copa do Brasil diante do Flamengo, nesta quarta-feira (17), às 21h30, no Maracanã. Da mesma forma que os torcedores do clube carioca não tiveram direito de entrar caracterizados e não tiveram um espaço destinado na Arena da Baixada, no duelo de ida, semana passada, por conta do cumprimento das regras da torcida humana, a diretoria flamenguista tomou a mesma atitude e isso causou a revolta de torcedores do Furacão que estão no Rio de Janeiro.

Na verdade, a revolta não é apenas contra a medida da diretoria do Flamengo, que está apenas dando o troco por conta dos fatos ocorridos na semana passada, mas sim contra a própria diretoria do Athletico, que impede que torcedores visitantes entrem na Arena da Baixada. O torcedor rubro-negro, Fernando Azevedo, conhecido nas arquibancadas por estar presente em todos os jogos do Furacão fora de casa, está há alguns dias no Rio de Janeiro e já fez de tudo para tentar reverter o quadro.

+ Leia mais: Deputados querem saber das obras na Arena da Baixada

Fernando Azevedo, na verdade, está sozinho nessa. Chegou a ligar para o presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, Mário Celso Petraglia, que não se sensibilizou com o torcedor. Então, Azevedo foi até a sede do Flamengo, mas nada foi resolvido. A última alternativa é garantir a segurança da torcida do Furacão que estará presente no Maracanã na delegacia do torcedor presente no estádio.

“Quando saiu o Flamengo no sorteio eu sabia que isso poderia acontecer e comecei cobrando o Athletico via rede social, para que liberassem a torcida do Flamengo, mas ninguém responde nada. No jogo na Arena o policiamento ficou com eles. Eles ficaram separados e nós mesmos indicamos o setor para que eles pudessem assistir ao jogo. Então, não teve torcida única. Com certeza entraram com a camisa escondida, debaixo da blusa e depois tiraram. Para nós terá torcida única, sem setor e sem nada”, lamentou.

+ Confira também: Após erro, CBF muda arbitragem de Flamengo x Athletico

O torcedor atleticano foi até a sede do Flamengo com o estatuto do torcedor em mãos. Segundo ele, o artigo 13 do documento garante que a torcida do Athletico possa ter a segurança necessária para acompanhar a partida com tranquilidade no Maracanã.

“Mais de 20 atleticanos que eu conheço estão aqui ou estão vindo. Comprei ingresso, mas vou sem a camisa do meu time. É uma humilhação. Vamos tentar ainda recorrer a delegacia do torcedor dentro do estádio se eles cumprem o estatuto do torcedor, que diz que o torcedor tem direito a assistir o jogo em segurança”, prosseguiu Azevedo.

+ Mais na Tribuna: Furacão terá mudanças no time pro duelo decisivo no Maracanã

Mas apesar da insistência do torcedor e, sobretudo pela falta de sensibilidade da diretoria do Athletico, nada deverá ser feito e os torcedores do Furacão que forem ao Maracanã deverão acompanhar a partida entre os flamenguistas. Mas outro fator tem causa uma revolta maior. Segundo Azevedo, aqueles que optaram em ir ao Rio de Janeiro com o voo fretado do clube, terá direito a assistir a partida em um camarote junto com a diretoria rubro-negra.

“O que me deixa mais transtornado é que para quem comprou o pacote do clube e vier com o voo fretado terá ingresso e vai assistir o jogo em um camarote. É uma discriminação sem tamanho. Liguei para o Petraglia, falei que estava com minha filha e minha esposa e ele disse apenas que ninguém me impediria de comprar ingresso, mas que eu teria que assistir na torcida do Flamengo”, concluiu.

+ Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

O problema que Fernando Azevedo está enfrentando outros torcedores do Athletico também deverão passar no duelo decisivo desta quarta-feira. Por conta da grande procura de bilhetes da torcida do Flamengo – cerca de 58 mil ingressos já foram vendidos -, o torcedor atleticano acabou comprando ingresso em setores distintos. Assim, eles estarão espalhados pelo Maracanã e correndo o risco de alguma confusão em caso de qualquer manifestação durante a partida.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

99 Comentários em "Torcedor ‘rasga o verbo’ contra a diretoria do Athletico por conta de medida polêmica"


Botelho Pinto da Rocha
Botelho Pinto da Rocha
1 mês 2 dias atrás

Voltem pro couto coxinhas, lah tem tarados e muita pirocas pra vcs…. Perebas de serie B

Sandro Soares
Sandro Soares
1 mês 3 dias atrás

EU SEMPRE CONCORDO EM SEPARAR ESTES POODLES, PRIMEIRO PARA QUE ELES NÃO POSSAM CRUZAR POIS TODOS TEM UMA VONTADE LOUCO DE DAR O TOBA E SEGUNDO PARA O RESTO DO MUNDO NÃO CORRER O RISCO DE PEGAR SARNA DOS BICHOS FEIOS.

Paraná Curitiba
Paraná Curitiba
1 mês 3 dias atrás

As paquitas estao se encoxando no pinga-mijo. Lá é o seu lugar.

Marcos Aurelio
Marcos Aurelio
1 mês 3 dias atrás

Até quando este mimimi??? O athletico tem dono e ponto final, aos torcedores do extinto atletico resta acatar ordens, determinações e esperar que no próximo jogo em Ctba o proprietário resolva abrir os portões e bilheterias.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
1 mês 3 dias atrás

Jamais vao entender. Mas sao decadas de trabalho diario e persistente de setores especializados da midia esportiva em transformar um clube de raiz elitista na instituiçao profundamente popular que e’ hoje o Athletico.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
1 mês 3 dias atrás

Seria injustiça desmerecer a atuaçao de dirigentes revolucionarios como Jofre Cabral, Passerino Moura, Farinhaqui, o proprio Moura. Eles foram decisivos na luta da popularizaćao.do rubro-negro da Baixada.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
1 mês 3 dias atrás

MCP deu, enfim, a estrutura sonhada por cada atleticano. Mas no quesito conhecido ele sempre sera’ o CAP-raiz.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
1 mês 3 dias atrás

Como os Papas se alternam, inclusive no modo de ser, o proximo dirigente maximo atleticano precisa ser de novo alguem ligado a um Athletico que cada atleticano sonha.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
1 mês 3 dias atrás

Entao a Baixada sera’ pequena.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
1 mês 3 dias atrás

Sugiro a Vila. O Parana’ Clube definitivamente foge de suas raizes mais populares. A tendencia e’ a inversao de torcedores ate’ ele voltar a ser o que escolheu ser. Um diminuto Pinheiros.

Ricardo Soares
Ricardo Soares
1 mês 3 dias atrás

Um quer. O outro desdenha o que tem de melhor. Futuro brilhante, Athletico, o novo Boca-negra.
BOCAETERNAMENTE.

cleverson ramos
cleverson ramos
1 mês 3 dias atrás

acabou a lavagem no pinga mijo pelo jeito que baixou os mijoões aqui kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

1 2 3 9
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas