Você lembra do Bruno Costa? Formado pelas categorias de base do Athletico, o zagueiro atuou 53 vezes com a camisa rubro-negra entre 2009 e 2013, e desde então roda o Brasil jogando futebol – já passou por Joinville, Botafogo de Ribeirão Preto, Mogi Mirim, Tupi, Linense, Botafogo-PB, Volta Redonda, Pelotas e por último na Portuguesa.

+ Decepcionado: Tiago Nunes diz que derrota para o Goiás foi pior jogo dele no Athletico

Pois Bruno Costa fechou um acordo com o Athletico na Justiça nesta semana, e receberá R$ 440 mil (em dez parcelas) do clube. O valor bruto do processo, que tramitava há cinco anos no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), é de R$ 503 mil. Costa cobrava direitos de arena no valor de 20% referente ao tempo em que permaneceu contratado do Furacão.

+ Chance: Abner fica devendo na estreia no time principal do Furacão

Segundo o advogado Dyego Tavares, que representou Bruno no processo, foi um acerto justo. “Foi uma ação longa, mas que conseguimos encontrar um ponto que agradasse as duas partes. Muitos clubes ainda negligenciam o direito de arena, mas a Justiça mostra que este pagamento é um dever legal das agremiações”, comentou Tavares.

+ Confira a classificação do Brasileirão

Com 29 anos, Bruno Costa não atua desde 19 de março, quando entrou em campo pela Lusa na vitória sobre o Atibaia, pela Série A2 do Campeonato Paulista.