O empate do Athletico diante do Corinthians, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi comemorado pelo elenco. Mesmo que o Furacão tenha tido amplo domínio do jogo e tenha conseguido estar na frente no placar em determinado momento da partida, o resultado em 2×2, conquistado na última quarta-feira (10), na Arena Itaquera, foi visto com bons olhos pelos jogadores. O Rubro-Negro conseguiu impor seu ritmo e fez o Timão sofrer, sobretudo no primeiro tempo. Porém, pecou nas bolas paradas e por isso não saiu de campo com os três pontos.

Saindo atrás no placar, com gol marcado após cobrança de escanteio, o Athletico marcou com Léo Cittadini e Erick, ficou na vantagem, mas levou o empate em cobrança de falta. Apesar dos erros cometidos, o atacante Thonny Anderson, autor do passe para o primeiro gol do Furacão, avaliou positivamente o desempenho do time. Para ele, a equipe está conseguindo algo que antes da conquista do Brasil não estava acontecendo: atuar em alto nível fora de casa.

+ Leia mais: Athletico joga muito, mas fica no empate com o Corinthians

“O Tiago falou pra gente manter o ritmo, que vem dando certo. Vamos continuar focados e trabalhar forte, como estamos fazendo desde o fim da Copa do Brasil. Não vamos baixar a guarda”, disse, referindo-se à busca por melhores posições que o Athletico busca na Série A, já que não tem mais outras competições para se preocupar.

O volante Wellington, capitão do grupo, enfatizou as boas chances criadas pelo Furacão e acredita que o time está no caminho certo. “Tivemos muitas chances de sairmos vitoriosos e conseguimos o controle de jogo. Foram detalhes na bola parada que nos tiraram a vitória, mas esse ponto tem que ser comemorado, pois foi conquistado na casa do adversário e é difícil jogar aqui”, destacou. O Corinthians não tem nenhuma derrota como mandante em 13 jogos no Brasileirão.

+ Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

Para o camisa 5, com a confiança em alta após uma sequência de títulos, será possível ser muito competitivo até o fim da competição. Para isso, o Rubro-Negro vai apostar em continuar fazendo seu jogo de muita pressão e, assim, buscar mais triunfos longe de seus domínios. O Athletico soma apenas três vitórias como visitante, mas no que depender do grupo essa conta logo irá se multiplicar.

“A confiança aumentou sim, já que em um ano e meio conseguimos três títulos. Desde o início da competição a gente saía pressionando dentro e fora de casa, mas agora queremos continuar assim e conquistar mais resultados fora de casa”, arrematou.