enkontra.com
Fechar busca

Athletico

Athletico Paranaense

Athletico Paranaense

Invicto

Athletico vence Foz e se classifica pra semifinal

Com vitória suada sobre o Foz, Athletico consolida melhor campanha do Paranaense e vaga no mata-mata da Taça Dirceu Krüger

  • Por Luiz Ferraz

O Athletico continua imbatível neste segundo turno do Campeonato Paranaense. Mesmo com uma atuação irregular e sem repetir as últimas boas apresentações, o Furacão venceu o Foz do Iguaçu por 2×1, na noite deste sábado (23), na Arena da Baixada, chegou aos 12 pontos e garantiu classificação antecipada para a semifinal da Taça Dirceu Krüger com uma rodada de antecedência. O time atleticano ainda terá o Londrina pela frente, na última rodada, fora de casa, enquanto a equipe da fronteira, com o revés sofrido no Joaquim Américo, está matematicamente rebaixada à divisão de acesso de 2020.

+ Tempo Real: Confira como foi o jogo no nosso Lance a Lance

Em momentos opostos e objetivos distintos no Paranaense, Athletico e Foz do Iguaçu protagonizaram um duelo aberto na Arena da Baixada. O time da fronteira precisava voltar para casa com os três pontos para não ser rebaixado e por isso não ficou apenas se defendendo. Essa postura mais agressiva do lanterna do Estadual surpreendeu o Furacão, que demorou para se encontrar no jogo.

O Foz do Iguaçu, com apenas um gol marcado no campeonato, provou porque tem o pior ataque do torneio. Aos 9 minutos, depois do recuo errado e da saída equivocada do goleiro Léo, Mateus Guerreiro recuperou e serviu Junior Cezar, mas o centroavante, com o gol praticamente vazio, chutou em cima do zagueiro Lucas Halter.

Esse lance poderia ter mudado a história da partida. O Athletico, que não fez um bom primeiro tempo, abriu o placar quatro minutos mais tarde. Depois da jogada de Vitinho pela esquerda, a zaga do Foz falhou e Léo Cittadini, livre, mandou para o gol e fez o primeiro gol atleticano. O jogo mudou de figura, mas com o Furacão sem ter a mesma inspiração ofensiva das últimas rodadas.

Léo Cittadini comemora seu gol. Foto: Jonathan Campos

Léo Cittadini comemora seu gol. Foto: Jonathan Campos

O Foz seguiu com uma atuação equilibrada, mas dando mais espaços para o Athletico. O Furacão, então, tinha em Vitinho, pelo lado esquerdo, sua principal arma ofensiva para ampliar a vantagem. O camisa 7 atleticano, pelo menos em duas oportunidades, quase chegou ao segundo gol. Mas a melhor chance do Rubro-Negro veio aos 39 minutos. Vitinho fez a jogada, a bola sobrou para Marquinho, que chutou forte e Felipe Alisson evitou o segundo gol atleticano no primeiro tempo.

O Athletico voltou do intervalo mais sonolento. O Foz do Iguaçu, com 45 minutos para evitar o rebaixamento antecipado à segunda divisão, passou a rondar mais a área do goleiro Léo. Aos 10 minutos, em contra-ataque rápido, Bruno Nascimento tabelou com Junior Cezar, bateu cruzado e arqueiro atleticano salvou. O time da fronteira foi recompensado quatro minutos depois. Mateus Guerreiro recebeu na área, chutou e contou com o desvio em Éder para igualar o marcador.

O gol animou o Foz. A virada, então, quase veio minutos depois. Em contra-ataque rápido, João Guilherme recebeu na área, bateu cruzado e a bola saiu por pouco. Com o torcedor atleticano já sem paciência, Rafael Guanaes promoveu a entrada de Jáderson na vaga de Bill, que pouco fez na partida. O Furacão, então, passou a buscar mais o ataque, mas parava na boa marcação imposta pelo azulão.

O Athletico melhorou seu rendimento ofensivo, mas faltava capricho no último passe para voltar a frente no placar. O segundo gol atleticano quase saiu aos 26 minutos. Depois da cobrança de falta de Marquinho, a zaga do Foz parou e José Ivaldo quase marcou de cabeça. A resposta do time da fronteira foi rápida. Em contra-ataque rápido puxado por André Oliveira, João Guilherme bateu cruzado e a bola saiu por pouco.

Quando o duelo estava ficando perigoso para o Athletico, veio o gol. Bergson, até então apagado, recuperou, tocou para Jáderson, que serviu Marquinho. O camisa 10, na cara do gol, bateu no ângulo e recolocou o Furacão em vantagem na Arena da Baixada.

+ Confira a classificação completa e a tabela de jogos da Taça Dirceu Krüger

O gol do Athletico colocou fogo no jogo. O Foz do Iguaçu foi para o tudo ou nada e coube ao Furacão, agora, explorar os contra-ataques. Na verdade, faltou qualidade ao time da fronteira para evitar a derrota e, consequentemente, o rebaixamento à divisão do acesso. Ao Furacão, veio o alívio com a conquista da classificação à semifinal da Taça Dirceu Krüger de forma antecipada depois de um primeiro turno muito ruim.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
Taça Dirceu Krüger – 4ª Rodada

Athletico 2×1 Foz do Iguaçu

Athletico
Léo; Lucas Halter, Éder e José Ivaldo; Khellven, Matheus Rossetto (Erick), Léo Cittadini, Marquinho (Matheus Anjos) e Vitinho;, Bill (Jáderson) e Bergson.
Técnico: Rafael Guanaes

Foz do Iguaçu
Felipe Alisson; Arisson, Leandro Silva, Thomaz e Maurício (Yannick); Éder (Hadrian), João Guilherme, André Oliveira e Bruno Nascimento (Diego Santana); Mateus Guerreiro e Junior Cezar.
Técnico: Negreiros

Local: Arena da Baixada
Árbitro: Eduardo da Silva Silveira
Assistentes: Mauricio José Braga e Reube Dobrychlop dos Reis
Gols: Léo Cittadini 13 do 1º; Mateus Guerreiro 14 e Marquinho 32 do 2º
Cartões amarelos: Vitinho, Léo Cittadini (CAP); Mateus Guerreiro (FOZ)
Renda: R$ 157.815,00
Público total: 7.027

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

22 Comentários em "Athletico vence Foz e se classifica pra semifinal"


Fura Cão
Fura Cão
3 meses 28 dias atrás

Time muito ruim. Classificado com uma rodada de antecedência. O único. Ta muito ruim . .

Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
3 meses 29 dias atrás

Jogou o suficiente para ganhar,vó Foz veio para o tudo ou nada e o CAP de sangue doce, mas a escalação ideal é com Paulo André, Cristian, Erick e Jáderson

Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
3 meses 29 dias atrás

*O Foz

General
General
3 meses 29 dias atrás

Esse jogo serviu para mostrar que o grupo do CAP é o mais fraco…..que o o cover, Rafael Guanaes não entende nada de tática, esquema de jogo…enfim…não entende nada de futebol….. o Londrina será o campeão paranaense.

Fabiano Duarte
Fabiano Duarte
3 meses 29 dias atrás

O Lec não tem bola bem para se classificar

RODRIGO
RODRIGO
3 meses 29 dias atrás

Opaaaa Temos uma mãe Diná aqui!!!! Conta ai pra nós quem mandou matar o Bolsonaro??? Hahahaahhahahahaah comédia!!!

fernando. fernando
fernando. fernando
3 meses 29 dias atrás

O problema do técnico é que ele copia o diniz..ou seja funciona em 2 a 3 jogos..depois bau bau…jogador têm..mas realmente o guanaes é muito fraco..

Tom Redblack
Tom Redblack
3 meses 29 dias atrás

Vitória magra e o publico mais de 7 mil torcedores, essa renda é contabilizada apenas para não sócios, quer dizer, tudo no azul e dentro das 4 linhas, e tem um clube aí que diz ser a maior atração no interior e levou uma galera de 150 pessoas no estádio, bater nessas meninas virou feminicidio kkkk

Alto De Tantas Glórias
Alto De Tantas Glórias
3 meses 28 dias atrás

Caramba, como vc é Asno? 7000 contabilizados Como não sócios? Então na sua conta são 7000 que pagaram ingresso mais os sócios? Nossa tinha 20.000 pessoas então kkkkkkkk. Até na matemática são iludidos pelo Coroné! Parabéns dobraram o saldo de gols do Foz!

fernando. fernando
fernando. fernando
3 meses 28 dias atrás

Alto de tantas segundonas…faz um curso de interpretação de texto…está precisando urgentemente…

Flavio Steiner
Flavio Steiner
3 meses 29 dias atrás

Você errou! Foram 115 testemunhas…

SILVIO RODRIGUES AGUIAR
SILVIO RODRIGUES AGUIAR
3 meses 29 dias atrás

Sufoco…kkkk… quem vê pensa que quem jogou foi xoxa ou a galinha pintadinha!…Jogou o suficiente pra vencer a partida e se classificar.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas