Apesar do time praticamente reserva, o Athletico mostrou entrosamento e recursos para o técnico Dorival Júnior. Com isso, conseguiu uma tranquila vitória sobre o Fortaleza por 2 a 0, no sábado (8), na Arena Castelão, pela estreia do Campeonato Brasileiro 2020.

Como já havia sinalizado, o treinador colocou um time totalmente diferente dos que vinham atuando no Campeonato Paranaense, de olho na maratona que o clube terá nas próximas semanas. Cinco jogadores nem viajaram ao nordeste: o goleiro Santos, o zagueiro Thiago Heleno, o volante Wellington, o meia Marquinhos Gabriel e o atacante Guilherme Bissoli.

O treinador mesclou os jovens com os veteranos e deu a primeira oportunidade para dois reforços. Destes, o treinador colocou a campo o zagueiro Felipe Aguilar e o volante Richard. E a resposta foi positiva.

Os estreantes fizeram atuações seguras e deram indícios de que brigarão pela titularidade. Atuando pelo lado direito da defesa, Aguilar fez ótima intervenções e não deu espaços para os rápidos atacantes do Fortaleza. O defensor chega para brigar pela vaga com Lucas Halter e Pedro Henrique.

“Todos entram com os mesmos objetivos, o mesmo trabalho traçado. Espero que mantenhamos essa postura e consolidemos essa condição porque, hoje, foram sete jogadores que não atuaram na quarta-feira. Mesmo assim, a equipe manteve o mesmo padrão, posse de bola, os mesmos conceitos que estamos desenvolvendo quando atuamos com a equipe principal”, declarou o Dorival sobre as mexidas na equipe.

+ VEJA COMO FOI O JOGO ENTRE FORTALEZA E ATHLETICO!

Já o volante Richard jogou à altura de Wellington, dando segurança ao time em frente à área – mesmo que o Fortaleza não tenha exigido muito – e distribuindo bons passes. Com a falta de ritmo, acabou sentindo o cansaço no começo do segundo tempo e foi subsituído por Kawan.

O zagueiro Pedro Henrique e o atacante Geuvânio viajaram, mas não jogaram. Os jovens Vitinho e Vinicius Mingotti também se destacaram. O camisa 28 fez uma de suas melhores partidas com a camisa do Athletico. Já o jovem centroavante mostrou que pode até brigar por vaga com Bissoli e Walter, ainda em fase de adaptação.

>> BLOG DO CRISTIAN: Furacão vence com autoridade no Ceará

“Fico feliz por estar recebendo a oportunidade do professor e estar ajudando e correspondendo. Espero que o Brasileiro seja de grandes realizações na minha vida”, comemorou Vitinho, autor do primeiro gol. O treinador ainda deu espaço para Kawan e Christian, que entraram no segundo tempo.

O Furacão, agora, volta a campo contra o Goiás na quarta-feira (12), às 19h15, na Arena da Baixada, pela segunda rodada. Como na estreia, Dorival Júnior deve novamente, mexer na equipe para dar rodagem ao elenco.

+ Mais do Furacão:

+ Athletico tem jogo contra o Atlético-MG adiado pelo Brasileirão
+ Campeão, rebaixados, acesso: confira os palpites da Tribuna para a Série A e Série B


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?