O Athletico terá pela frente mais um teste visando a estreia oficial na temporada. O time principal, comandado por Tiago Nunes, fará um amistoso nesta quarta-feira (20), na Arena da Baixada, contra o Guarani, do Paraguai. Será mais uma oportunidade para que o comandante coloque em teste seu grupo. A estreia oficial do Furacão será no dia 5 de março, em Tolima, na Colômbia, pela Copa Libertadores.

Ainda que já tenha definida a ‘espinha dorsal‘ do time titular, a tendência é que Tiago Nunes aproveite as atividades para fazer avaliações. Na semana passada, no amistoso contra o General Díaz, também do Paraguai, Nunes substituiu os 11 jogadores em campo. A estratégia, segundo o treinador, é aproveitar as atividades para que todos os atletas mostrem como podem render. “Eu procuro, sim, dar todas as oportunidades possíveis. Que todos possam, mesmo com características individuais diferentes, tentar se adaptar e receber o mesmo tipo de informação, as mesmas orientações, as mesmas oportunidades”, enfatizou Nunes, após a vitória por 2×1 em cima do time paraguaio.

+ Leia mais: Ex-meia do Athletico é encontrado morto no Peru

Considerando como o Rubro-Negro terminou 2018 e como vem se apresentando nas atividades contra outras equipes, formam a base do time titular o goleiro Santos, os zagueiros Thiago Heleno e Léo Pereira, o lateral-esquerdo Renan Lodi, o volante Bruno Guimarães e o atacante Marco Ruben. As outras cinco vagas ainda estão em aberto e a definição de quais atletas irão ocupar esses lugares dependerá dos amistosos que o Furacão terá pela frente.

Os outros espaços no time estão sendo disputados entre Madson e Jonathan na lateral direita; no meio por Camacho, Wellington, Léo Cittadini, Lucho González e Tomás Andrade, enquanto nas duas pontas, a decisão ficará entre Marcelo Cirino, Braian Romero, Nikão e Rony.

+ Confira também: Gedoz é descartado por Tiago Nunes

O volante Lucho González, titular absoluto na conquista da Sul-Americana, deve estar de fora do time, por enquanto. Realizando um trabalho de recuperação física em separado, ele é ausência quase certa na estreia. Com poucas chances de fato de estarem entre o grupo que começará a maratona de competições, alguns atletas do time de aspirantes podem aparecer entre os relacionados para esse novo amistoso, como é o caso do zagueiro Robson Bambu, do meia Matheus Anjos e dos atacantes Bergson e Demethryus.

Pensando em o quanto antes definir o time, uma possibilidade para o treinador seria já escalar um time titular e fazer com que esse grupo ganhasse sequência de jogo para, assim, estrear já entrosado, porém, Nunes descartou essa ideia. O professor prefere extrair o máximo do grupo que tem em mãos e deixar que os próprios atletas o ajudem na missão de encontrar o grupo ideal.

“Não vou definir a equipe até a semana da estreia. Que eles deem o seu melhor. Quem se sentir fora, excluído ou relaxar vai facilitar a escolha de quem vai jogar”, arrematou Nunes.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!