enkontra.com
Fechar busca

De Letra

esportes

Após cinco meses de trabalho, Paraguai anuncia saída do ex-são-paulino Osorio

  • Por Estadão Conteúdo

Durou apenas cinco meses a passagem do técnico Juan Carlos Osorio pela seleção do Paraguai. Nesta quarta-feira, a associação de futebol do país anunciou que chegou a uma “decisão em conjunto” para o desligamento do treinador, que havia sido contratado no início de setembro do ano passado.

“Queria comentar que, no dia de hoje, estivemos conversando com o professor Juan Carlos Osorio e chegamos a uma decisão em conjunto para rescindir o contrato que o une à Associação Paraguaia de Futebol (APF)”, declarou o presidente da entidade, Robert Harrison.

Osorio justificou a saída alegando “problemas familiares”, mas a imprensa paraguaia vinha noticiando nos últimos dias um suposto problema de relacionamento do treinador com integrantes da APF. De acordo com a imprensa local, o colombiano inclusive teria apresentado seu pedido de demissão nos últimos dias.

“Por razões familiares próprias, infelizmente não posso seguir no cargo. Queria agradecer-lhes pelo apoio. Foi um orgulho dirigir, conduzir e treinar a seleção”, declarou Osorio. “Vou feliz, muito agradecido. Foi uma experiência extraordinária, enriquecedora. Me familiarizei com o futebol paraguaio, que admiro profundamente.”

Ex-treinador do São Paulo, Osorio chegou ao Paraguai no dia 3 de setembro, para a vaga do ex-lateral Arce, depois de levar o México às oitavas de final da Copa do Mundo na Rússia, em que caiu para o Brasil. Neste período, realizou somente um amistoso, o empate por 1 a 1 diante da África do Sul.

“Como aconteceu em todos os meus trabalhos, nos que tive a oportunidade de fazê-lo, valorizo e admiro os profissionais que se doam 100% nos treinos. E, por sorte, encontrei no Paraguai jogadores com estas características”, afirmou Osorio.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas