O Real Madrid enfrentará nesta quarta-feira a Juventus, na Espanha, e o técnico Carlo Ancelotti já alertou seus jogadores para a principal arma do time italiano. De acordo com o treinador, seus comandados precisam ficar atentos ao contra-ataque do adversário se quiserem deixar o Santiago Bernabéu com mais três pontos no Grupo B da Liga dos Campeões.

“Eles apresentam um jogo muito claro. Estão muito organizados defensivamente e são perigosos no contra-ataque. Têm um jogador com uma grande habilidade, como é o Pirlo. A força da equipe é a organização que conseguiram construir. Eles estão unidos e têm qualidade”, declarou nesta terça.

Para superar o adversário, Ancelotti pediu que a equipe espanhola exiba atuação semelhante à da vitória por 2 a 0 sobre o Málaga, no sábado. “Tenho a confiança de que a equipe está melhor e pode repetir uma partida como a do Málaga, com a mesma intensidade e continuidade. Temos que estar concentrados porque é um encontro difícil.”

Até por saber da dificuldade do duelo, o treinador não quis dar armas para o adversário, e, por isso, não revelou a escalação para esta quarta. “Tenho a equipe clara, mas só direi na hora de escalá-la. Temos todos os jogadores disponíveis e em plena forma, só o Xabi Alonso não está disponível. O Sergio Ramos está bem e disponível”, afirmou.