Com duas surpreendentes vitórias conquistadas neste sábado, os alemães Philipp Kohlschreiber e Philipp Petzschner garantiram a realização de uma final caseira no Torneio de Halle, disputado em piso de grama e preparatório para Wimbledon, Grand Slam que começa no próximo dia 20.

Petzschner foi o autor da maior façanha do dia ao eliminar na semifinal o checo Tomas Berdych, segundo cabeça de chave e atual sétimo colocado do ranking mundial, com um triunfo por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (9/7), 2/6 e 6/3.

Kohlschreiber, por sua vez, fez bonito ao bater com autoridade o francês Gael Monfils, cabeça de chave número 3 em Halle e oitavo colocado da ATP, por duplo 6/3.

Berdych e Monfils eram os únicos tenistas que fazem parte do top 10 inscritos no torneio alemão e foram superados, respectivamente, pelos atuais 71.º e 49.º colocados no ranking. Atual vice-campeão de Wimbledon, o checo buscava em Halle a sua primeira final no ano, enquanto o francês ainda não havia perdido sequer um set até este sábado na competição alemã.

Com os feitos deste sábado, os dois tenistas da casa irão jogar pelo título neste domingo. Os dois já se enfrentaram três vezes e Kohlschreiber levou a melhor em dois destes confrontos.