O ministério do Esporte divulgou nesta sexta-feira a primeira lista de atletas contemplados com o Bolsa-Atleta, programa que fornece ajuda financeira a esportistas desde o nível estudantil até os de alto rendimento. Nesta primeira etapa, 4.992 atletas foram selecionados. Pela primeira vez, atletas de todas as unidades da federação foram contemplados.

“Pela primeira vez nós teremos atletas dos 26 estados e do Distrito Federal. Isso significa a nacionalização do programa. Esse benefício integra todas as regiões brasileiras na prática do esporte de alto rendimento. A nacionalização dos Jogos Olímpicos também é um objetivo do governo”, comentou o ministro Aldo Rebelo, em entrevista coletiva, nesta sexta, em Brasília.

Neste primeiro momento foram escolhidos os atletas que mereciam a bolsa com base nos seus resultados de 2011. Na próxima etapa, serão avaliados os desempenhos esportivos do ano passado.

De acordo com o secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, Ricardo Leyser, a lista apresentada nesta sexta é a primeira dos cinco anúncios do programa Bolsa-Atleta em 2013. “Este ano será especial para o programa. Nós temos a maior quantidade de recursos na história do Bolsa-Atleta. Lançaremos uma categoria nova, o Bolsa Pódio, dentro do Plano Brasil Medalha, e teremos o pagamento de duas bolsas, referentes aos resultados esportivos de 2011 e 2012. Assim, aproximamos a concessão do benefício ao resultado esportivo do atleta”, explicou ele.

A lista conta com atletas de esportes olímpicos e paralímpicos, contemplando 71% dos esportistas brasileiros que estiveram em Londres. O ministério do Esporte destinará R$ 72,2 milhões para beneficiar os atletas nas cinco categorias: Estudantil, de Base, Nacional, Internacional e Olímpica/Paraolímpica.

A relação publicada no Diário Oficial da União tem medalhistas olímpicos como Sarah Menezes, Artur Zanetti, Thiago Pereira, Felipe Kitadai, Rafael Silva, Yane Marques, Esquiva Falcão, Yamaguchi Falcão, Adriana Araújo e Bruno Prada. Atletas de esportes coletivos também são agraciados. São os casos, por exemplo, do casal Murilo e Jaqueline e de Sheilla, do vôlei, e de Adrianinha, do basquete.