A finalização sofrida pelo irlandês Conor McGregor na luta principal do UFC 229, na madrugada do último domingo, em Las Vegas, nos Estados Unidos, rendeu uma suspensão médica de 30 dias ao Notorious, de acordo com boletim da Comissão Atlética de Nevada.

+ Leia mais: McGregor e Khabib faturam “bolada milionária” com o UFC 229

Por outro lado, o russo Khabib Nurmagomedov, grande vencedor do combate principal da noite, nem aparece na lista de “ganchos” e fica à disposição para lutar novamente em breve. Cinco lutadores acabaram se complicando e ganhando suspensões maiores.

Foram os casos de Anthony Pettis, que possui suspeita de fratura nasal, Alan Nuguette, com suspeita de fratura orbital, Dominick Reyes, Jalin Turner e Scott Holtzman. Estes atletas ficarão seis meses sem poder atuar por conta das suspensões médicas.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!