enkontra.com
Fechar busca

Viagem e Turismo

Teresópolis, a bela da serra fluminense

  • Por Redação O Estado Do Paraná
Teresópolis é a cidade
mais alta da serra fluminense.

O Dedo de Deus está lá, fazendo parte de sua natureza. Será um sinal de que Teresópolis é especial? Pode ser. Pelo menos no que diz respeito aos atrativos naturais, Teresópolis, cidade situada na região serrana do Rio de Janeiro, é abençoada, sim.

Localizada a uma altitude de 902 metros – é a mais alta do estado – a cidade tem também um clima muito agradável – sua temperatura média anual é de 17 graus, o que permite ao turista passear pela cidade, conhecendo os diversos pontos de visitação, sem passar frio nem calor intensos o ano todo.

Seu nome é uma homenagem à imperatriz Teresa Cristina, mulher de dom Pedro II, que nunca escondeu sua preferência por aquele local de clima frio, seco e sempre ameno, antes chamado de Vila de Santo Antônio do Paquequer. Sua natureza e seu clima continuam atraindo admiradores. Muitos turistas vão a Teresópolis atraídos também pela exuberante flora – a cidade conserva dez mil hectares de mata atlântica, com riachos e quedas d?água.

Seu maior produto de atração turística é o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, um paraíso para aqueles que apreciam e gostam de estar em contato com a natureza. Na verdade, o parque fica em terras dos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim, ocupando aproximadamente 10,5 mil hectares. É o terceiro mais antigo parque nacional brasileiro – foi criado em 30 de novembro de 1939 por um decreto assinado pelo então presidente Getúlio Vargas.

É lá que se situam os picos que fascinam e desafiam esportistas, dentre os quais o famoso Dedo de Deus, com seus 1.692 metros, e a Pedra do Sino, com 2.263 metros. Este último tem acesso facilitado por trilhas abertas, num percurso total de doze quilômetros. De seu topo avista-se a Baixada Fluminense, a Baía de Guanabara, o Grande Rio até a Baía de Sepetiba e, claro, o Oceano Atlântico.

Além dos picos, o parque oferece aos visitantes trilhas para trekking, cachoeiras e uma piscina natural para banho. O parque funciona de terça a domingo, das 8h às 17h.

Além do parque, entre os principais pontos turísticos naturais de Teresópolis figuram ainda a Fonte Judith, a Cachoeira dos Frades, a Cascata do Imbuí, a Pedra do Açu (2.245 metros de altura) e a Cascata dos Amores. O Morro da Mulher de Pedra é um interessante conjunto montanhoso de formação rochosa, com 2.040 metros de altura. Tem esse nome por assemelhar-se à figura de uma mulher deitada, cuja silhueta é reproduzida pelos contornos dos cimos das montanhas.

Está localizado na altura do quilômetro 12 da Rodovia RJ-130, na localidade de Vargem Grande.

Um dos mais belos cartões-postais da cidade, o Lago Iacy, acaba de ser recuperado pela Prefeitura. Localizado na Granja Guarani, o lago já foi famoso e visitado por personalidades, dentre as quais o ex-presidente Getúlio Vargas. Com cinco mil metros quadrados de lâmina d?água, trata-se de um lago de água corrente, alimentado por um reservatório do Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

Sua profundidade vai de sessenta centímetros a dois metros e meio. Durante os trabalhos de recuperação, foi construído no local um minilago, bem raso, destinado às crianças.

Infra-estrutura

Turística por vocação, Teresópolis conta com 68 hotéis, que somam 4,5 mil leitos e cem restaurantes. E, a cada ano, investe mais no setor. Somente em 2002, a cidade investiu na divulgação de seus atrativos, com a criação, tradução e confecção de CD-rom institucional, além de participar de eventos nacionais e internacionais, como a feira O Rio é de vocês, a Bolsa de Turismo de Lisboa, Congresso da Abav e diversos workshops e encontros comerciais de turismo em diversas partes do Brasil, incluindo seminários e exposições na própria cidade.

A cidade tem cem restaurantes, de diversas especialidades. Os seus hotéis registram ocupações altas, mesmo quando não é temporada de verão. A taxa de ocupação fica em 40% a 55% nos dias de semana e em 90% a 100% nos fins de semana e feriados prolongados.

Do total de estabelecimentos de hospedagem, quatorze são urbanos, dezenove são pousadas, seis são pousadas de campo, doze são hotéis-fazenda e de lazer, sete são hotéis para associados, três são albergues e sete são casas de retiro.

Calçada da Fama

Em breve, Teresópolis vai passar a ter também a Calçada da Fama, uma rua de pedestres no centro da cidade (Rua Francisco Sá), com quiosques, bancos, mesas, instalação de iluminação subterrânea e a Calçada da Fama em si, com registro de personalidades nacionais ligadas à cidade. A intenção é fazer do local um forte atrativo turístico.

Mais informações sobre Teresópolis podem ser obtidas pelos telefones (21) 2742-3352, ramal 4057 e (21) 2643-4502.

Petrópolis é a outra cidade da região serrana fluminense que chama a atenção de turistas do mundo inteiro, pelos seus atrativos naturais e, principalmente, pela importância histórica, retratada na arquitetura de seus imóveis.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas