Sem alarde ou anúncio formal, o Orkut começa a solicitar que seus usuários criem uma conta do Google, para que se possa ter acesso aos seus serviços. Se você utiliza o serviço e ainda não recebeu o pedido para migrar, não se preocupe, em breve isso acontecerá. Conforme informa a página do Orkut, a cada dia grupos de usuários estão sendo convidados a fazer a mudança de suas contas, o que permite que os servidores não fiquem sobrecarregados com as solicitações.

Uma conta do Gmail é uma conta do Google, o que significa que quem a possui não precisa criar nada novo. Basta usar o endereço eletrônico do Gmail e sua senha para acessar os serviços do Google que utiliza. Porém, para entrar na comunidade virtual, o usuário vai ter de integrar as formações de login – endereço e senha – de seu Gmail com as do Orkut.

Com essas mudanças o Google começa a realmente se mostrar como dono do Orkut e informa que pode utilizar as informações da conta convertida dos usuários para outros serviços disponibilizados pela empresa. Segundo a empresa, o objetivo é de melhorar a qualidade de seus serviços e de usar esses dados para pesquisas e análises. Aos temerários de invasões de privacidade, o Google assegura que não aluga ou vende suas informações de identificação pessoal para outras companhias ou indivíduos, sem o consentimento dos mesmos. Sobre a política de privacidade, os usuários podem acessar: http://www.orkut.com/privacy.aspx.

Especulações

Embora aparentemente as mudanças não sejam substanciais, alguns observadores do mundo web percebem essa migração como um passo para a integração dos serviços do Google com o do Orkut. Começam a pensar se a real razão não vai ser a união com o Gmail e o Google Talk, por exemplo, concentrando uma base de dados sobre a vida das pessoas. O resultado dessa unificação poderia gerar um maior valor de mercado. Aí só faltaria o Google criar o seu navegador.