Os estranhos OVNIs próximos daquela montanha são, na realidade, nuvens.

Depois de divulgarmos fantásticas nuvens lenticulares sobre a Nova Zelândia descobrimos estas novas nuvens de múltiplas camadas.

O ar úmido que é forçado a soprar para cima ao redor do topo da montanha pode criar as nuvens lenticulares. Gotículas de água se condensam à partir do ar úmido que é resfriado abaixo do ponto do orvalho formando as nuvens que são grupos opacos destas gotículas de água.

As ondas que normalmente são avistadas horizontalmente podem ser vistas aqui verticalmente, pelos níveis diferentes nos quais as nuvens se formam.

Esta fotografia, feita em dezembro, mostra um belíssimo grupo de nuvens lenticulares em Seattle, nos EUA. Durante diversos dias a cidade é ameaçada por estes discos voadores malígnos que se formam próximo ao grande Monte Rainer, a 100km da cidade.