t73200105.jpg

Cledson foi morto em
São José dos Pinhais.

Moradores do começo da Avenida Guatupê, Jardim Aparecida, em São José dos Pinhas, ouviram três tiros às 21h de terça-feira. Em seguida encontraram o corpo de Cledson Hastenreiter da Silva, 22 anos, caído na beira da rua. A vítima não foi reconhecida por nenhum dos curiosos que se juntaram para observar o trabalho da polícia. "Não deve ser morador das proximidades", comentou o soldado Célio, do 17.º Batalhão da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência junto com o soldado Luiz.

O rapaz foi levado até aquele lugar para ser morto, embora nenhum dos moradores tenha ouvido barulho de carro saindo do local, após os disparos. De acordo com o perito Carlos Henrique, da Polícia Científica, Cledson foi atingido nas costas, barriga e peito. No asfalto foi recolhido um projétil, para ser analisado posteriormente. A polícia também recolheu a carteira da vítima, que só continha os documentos e o cartão de um hotel, em Curitiba.

Conforme registrado na carteira de identidade, Cledson é natural do Espírito Santo, mas não se sabe se ele estava morando na região metropolitana ou estava de passagem. O caso foi encaminhado à delegacia local, responsável pelas investigações.