Edson Rodrigues de Souza (foto), 21 anos, o “Paulista”, suspeito de um homicídio, cometido no ano passado, em Campina Grande do Sul, se apresentou na manhã de ontem, e ficou preso. Ele estava com mandado de prisão temporária emitido pela Justiça.

De acordo com a delegacia, Edson foi visto por testemunhas, saindo em uma motocicleta de perto do corpo de Jackson James Pinheiro, 36, em 3 de abril do ano passado. A vítima foi atingida por quatro disparos na Rua Aníbal Ferrarine, Jardim Paulista, por volta das 20h30.

Desavença

Na época, a polícia suspeitou de latrocínio. Entretanto, ao longo das investigações, descobriram que Edson teria efetuado os disparos, porque tinha desavença com a vítima. “Vamos ouvir as testemunhas para pedir a prisão preventiva de Edson, porque muita gente apontou-o como o autor da morte”, explica o delegado.