Rafael, crack a domicílio.

Um sistema de “disque-droga” foi descoberto ontem, pela Polícia Militar. Traficantes do Abranches entregavam entorpecentes em domicílio, a quem solicitasse o serviço pelo telefone. Acusado de ser o responsável pela entrega do “produto”, Rafael Francisco de Oliveira, 19 anos, foi preso em flagrante no final da noite de ontem.

Em um patrulhamento de rotina, de policiais da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) do Regimento de Polícia Montada, Rafael foi abordado às 23h30, na Rua Wilson Gomes Ramos. Durante a revista, policiais encontraram no bolso de sua jaqueta 49 pedras de crack, já embaladas.

Levado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac) do 3.º Distrito Policial, ele confessou ao escrivão Valdir, fazer parte de um esquema de “disque-droga”. “O produto seria entregue a um cliente, cujo nome ele não soube dizer”, falou o escrivão.

De acordo com a Polícia Militar, Rafael seria “funcionário” de um traficante conhecido por Emerson ou “Polaco”, cuja área de atuação é a Vila Suíça, naquele mesmo bairro. O detido não contava com antecedentes criminais.