Um pedestre que passava pela antiga BR-277, no bairro Itaqui, em Campo Largo, se deparou com uma visão assustadora na tarde desta quinta-feira (11). O corpo de homem, que teve as mãos amarrados e uma corda colocada no pescoço, boiava no Rio Itaqui.

O corpo foi achado por volta das 12h30. Um familiar reconheceu a vítima como sendo Adriano José Wiskevoski, 29 anos, morador de Balsa Nova. O rapaz, que era usuário de drogas, estava desaparecido há nove dias. O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer a retirada do cadáver do rio.

A causa da morte será apontada pela perícia do Instituto de Criminalística e exames do Instituto Médico Legal (IML), para onde o corpo será encaminhado. A Delegacia de Campo Largo investiga o crime.