Poucas horas depois de roubarem o Astra placa CVL-0671, no sábado, dois marginais depararam com uma barreira realizada por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, na BR-376, sentido Curitiba -Joinville (SC). Os marginais "furaram" o bloqueio e tiveram o pneu do carro estourado a tiros, mas conseguiram escapar. O veículo foi recuperado.

O delegado Itiro Hashitani, titular da DFRV, informou que parte dos carros roubados e furtados em Curitiba tem como destino Santa Catarina. Por este motivo estão sendo desenvolvidas diversas operações para coibir o transporte dos carros, bloqueando a principal rodovia de acesso. "Também vamos fazer bloqueios em outras rodovias, já que os bandidos levam carros para o Paraguai", salientou o delegado.

Itiro disse que simultaneamente estão trabalhando para descobrir e "estourar" os desmanches, espalhados por diversos bairros da cidade e na Região Metropolitana.

Roubo

O Astra foi roubado por dois homens, às 6h, quando o proprietário saía da garagem do prédio, na Rua Dom Pedro I, Água Verde. Um deles foi descrito como 1,70 de altura, entroncado, cabelos claros, aparentando 24 anos. "Provavelmente eram os mesmos que furaram o bloqueio", ressaltou o delegado.

Na quinta-feira, policiais da DFRV recuperaram um Vectra tomado em assalto. O carro estava na Vila Saquarema, no Pinheirinho. Reconhecido pela vítima, como sendo um dos assaltantes, André Luiz Teixeira Habitzreuter, 19 anos, foi convidado a acompanhar os policiais até a delegacia, onde foi interrogado. O rapaz negou o roubo, mas disse que um colega chamado Cristiano passou em sua casa, na Rua Major Eulálio Dudeck, no Pinheirinho.""Como não estava em flagrante, foi ouvido e liberado. Continuamos as investigações para apurar quem é esse Cristiano. Vamos pedir a prisão preventiva dos dois", adiantou o delegado.