Um homem foi assassinado em uma tocaia na Vila Sabará, Cidade Industrial, na noite de segunda-feira (30). A morte pode estar relacionada à série de homicídios registrada no final do ano passado, envolvendo briga de gangues na região.

Cleverson Fernando Moreira, 29 anos, recebeu uma ligação no início da noite e marcou um encontro na Rua Maria Adriano de Miranda. Por volta das 22h, quando chegou ao local combinado com sua Honda de 300 cilindradas, placa ASA-3986, foi surpreendido por dois rapazes que chegaram armados em outra motocicleta.

Tiros

A dupla atirou mais de dez vezes contra Cleverson e roubou o celular da vítima. Um dos atiradores levou também a motocicleta da vítima e a abandonou quatro quadras adiante. A família do rapaz recuperou o veículo. Cleverson morreu na hora, baleado principalmente nas costas.

Rede

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, titular da Delegacia de Homicídios, Cleverson era casado com a irmã de Wellington Caíres, o garoto de 11 anos que morreu atingido por uma bala perdida, em novembro do ano passado, na vila.

O alvo dos disparos em 2011, era um adolescente identificado como “Felipinho”, investigado por homicídios ocorridos no bairro. Ele também foi baleado e ficou internado vários meses. A equipe da DH já recebeu denúncias de que ele recebeu alta e é um dos atiradores que tirou a vida de Cleverson.