Foto: Alberto Melnechuky

Carlos morreu antes de chegar ao hospital.

Quando tentava arrumar o carro em frente a sua casa, na Rua Odete Pereira, Vila Mônica, em Almirante Tamandaré, o garçom Carlos André dos Santos, 24 anos, foi ferido com quatro tiros de pistola 380. Ele foi socorrido pelo Siate, mas morreu antes de dar entrada no Hospital Evangélico.

A esposa de Carlos, Maria Eliane dos Santos, disse que dava banho nos filhos, de 3 e 4 anos, quando ouviu os tiros. ?Fiquei assustada. Cheguei na frente da casa, ele já estava caído, respirando com dificuldade?, contou. Segundo ela, o marido não era envolvido com drogas, não bebia e não havia comentado nenhuma situação que pudesse ter motivado a sua morte. ?Eu ouvi quatro tiros, mas alguns vizinhos disseram que foram cinco e que viram os assassinos fugindo em um Gol branco?, completou. Carlos foi atingido com três tiros na cabeça e um no braço.