Uma denúncia anônima levou integrantes do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde a apreender na última sexta-feira (29) uma serraria móvel no município de Pinhão (região Centro-Sul do Estado). “A contribuição da população é fundamental para conter os crimes como este, que atentam contra o patrimônio ambiental do Estado”, destacou o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Rasca Rodrigues.

Segundo ele, as denúncias auxiliam o trabalho de inteligência desenvolvido pelos órgãos ambientais e assim as comunidades se tornam colaboradoras efetivas da proteção ao meio ambiente. “Elas se tornam milhares de olhos e ouvidos atentos, vigiando as nossas riquezas naturais”, comentou.

Além da serraria móvel, também foram apreendidas 30 toras de araucária. “A serraria móvel foi desmontada, apreendida e encaminhada a Sede do 3° Pelotão Ambiental de Salto Segredo, assim como as toras”, informou o sargento Rogério Albino do Prado. “Infelizmente, as pessoas que trabalhavam no beneficiamento clandestino da madeira fugiram quando perceberam a movimentação dos policiais, abandonando os equipamentos e as toras de araucária”, acrescentou.

O Força Verde recebeu a informação através do Disque-Denúncia (0800-643-0304), canal de comunicação criado para receber denúncias de tráficos de animais silvestres, incêndio, cortes de árvores, qualquer tipo de poluição ou danos contra o meio ambiente. Para a segurança dos denunciantes, as informações fornecidas são mantidas no mais absoluto sigilo. A ligação é gratuita.